Destaque do Ano

Prêmio UOL Carros

Murilo Góes/UOL

Toyota Yaris: 181 pontos

Qual carro mais deu o que falar em 2018? Qual carro mais atiçou a curiosidade do consumidor, mais movimentou conversas entre amigos, perguntas a especialistas e apostas? Qual carro herda cetro e coroa do Volkswagen Polo, "Destaque do Ano" de 2017? Sem sombra de dúvidas, o Yaris, principal aposta da Toyota do Brasil no ano.

É melhor que o Etios? É tão bom quanto o Corolla? É espaçoso? Motor e câmbio são bons? É confortável? Tem equipamentos modernos ou é peladão? Todo mundo aqui em UOL Carros -- e também todos os jornalistas do juri do Prêmio UOL Carros 2018 -- ouviu cada uma destas questões dezenas de vezes antes mesmo do lançamento oficial do compacto premium (hatch e sedã) em agosto. Foi, sem dúvida, o modelo mais aguardado do ano.

Esqueça o Etios: a Toyota nunca conseguiu emplacar de fato um modelo compacto no Brasil. E a arquirrival Honda também não tinha um competidor real no segmento, já que o Fit é caro (e equipado) demais para brigar com hatches de entrada, tanto que uma saída é fazer de conta que o modelo é um monovolume. Entre os sedãs pequenos, a competição é muito, muito mais apertada e 2018 foi um ano que viu nascer uma nova safra desses carros.

Pois a Toyota não brincou em servço e apresentou boas opções em ambas, ainda que o hatch esteja mais bem posicionado.  

O que ele é

De cara, a Toyota precisava muito do Yaris e fazia tempo. Com ele, finalmente apresentou um carro para ocupar o "vão" de preço e mercado entre os compradores de Etios e Corolla. E trouxe um compacto digno para o mercado nacional. O hatch começava abaixo do "patamar psicológico" dos R$ 60 mil, o que também é uma isca e tanto. Agora, porém, já está em R$ 60.290. O sedã custa R$ 64 mil atualmente.

Fabricado em Sorocaba, mescla justamente características de Etios e de Corolla: motores 1.3 (101 cv) e 1.5 (110 cv) vieram do Etios, recalibrados para ficar mais potentes (mas simplesmente com mudança no sistema de exaustão maior); câmbio manual de seis velocidades e Multidrive CVT (com simulação de sete marchas), do Corolla.

Vamos além: o Yaris tem visual interessante (arrojado no hatch; classudo no sedã, com traseira que lembra a de modelos de maior porte), conjunto de suspensão confortável (perfeito para uma tocada mais conservadora), painel de instrumentos interessante.

O hatch tem 4,15 m, o sedã vai a 4,43 m. Completam as dimensões 1,73 m de largura, 1,49 m de altura e tanque de combustível para 45 litros. Ambos têm 2,55 metros de espaço entre-eixos -- a mesma medida do Etios Sedan e um pouco maior do que o espaço do Volkswagen Polo, ainda que bem mais curto que o Virtus, por exemplo. A capacidade do porta-malas do hatch é de 310 litros, 473 l no sedã. O hatch, porém, tem mais espaço para cabeça de passageiros que o sedã.

Desde o início, traz ar-condicionado; direção elétrica progressiva; vidros elétricos dianteiros e traseiros com acionamento por um toque; alarme; travas elétricas, faróis com regulagem de altura por comando; faróis de neblina, retrovisor interno anti-ofuscante; computador de bordo com comandos no volante; descansa-braço dianteiro; controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e os obrigatórios freios ABS (com distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo, rádio com Bluetooth e rodas de liga leve aro 15.

Na versão de topo XLS, itens como acesso sem chave, sete airbags e teto solar elétrico que fazem falta até mesmo no sedã médio.

Ponto de honra: a Toyota ressaltou desde o começo que o Yaris seria "referência no mercado" no quesito segurança.

Não só por itens como controle de tração e estabilidade e assistente de subida em rampa desde as versões de entrada, cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes, além do sistema "Isofix" para fixação de cadeirinhas de criança e alarme com monitoramento dos vidros e janelas. E também pela construção de qualidade, um outro "fundamento", segundo a marca. Mas, principalmente, pelo ideal de segurança que a marca Toyota e sua rede de concessionários e oficinas autorizadas passam.

Bom de mercado?

Seja por atributos técnicos, seja pela "alma" do serviço prestado pela rede Toyota, o Yaris tem futuro promissor no mercado. Pesa também o fato de agora caber a ele o papel de polivalente: é um compacto para quem precisa de carro mais acessível; é o modelo do programa PCD, tomando o lugar do Corolla (pode ser comprado com isenções custando até R$ 70 mil e tendo disponibilidade de câmbio automático); tem ampla gama.

Quanto à liquidez, o que esperar? Nosso "caçador de carros", o consultor Felipe Carvalho avaliou o carro minuciosamente e não viu grande defasagem para o best-seller Corolla. Um vídeo todo com esta avaliação pode ser visto logo abaixo.

De toda forma, ainda é preciso esperar por uma temporada completa de vendas para termos uma avaliação decente desse aspecto, com o retorno do mercado.Os rivais Polo/Virtus que já teve esse período mais amplo de vendas vai bem, obrigado, com a liderança.

Mas é incontestável que o Yaris tem boas credenciais, mexeu com o mercado, causou expectativa entre os consumidores e especialistas e, por conta disso, é o "Destaque do Ano" do Prêmio UOL Carros 2018

Além do troféu da principal categoria, a Toyota levou também o prêmio da categoria "Sustentabilidade", com o projeto de desenvolvimento nacional do sistema "Híbrido Flex", pioneiro no mundo e que já ganhará vida em 2019.

"Estamos muito contentes por receber dois prêmios, um com o projeto do Híbrido Flex, outro com o Yaris. O Yaris, 'Destaque do Ano', é um projeto que foi elaborado com muito carinho, com a colaboração dos nossos concessionários, dos nossos fornecedores e, principalmente, com toda a família Toyota, tanto da parte de marketing e vendas, quanto da engenharia", afirmou Celso Simonura, vice-presidente de Compras, Pesquisa e Desenvolvimento e Relações Governamentais da Toyota do Brasil.

Já Maurilio Pacheco, gerente de produto da marca, destacou a vitória na categoria "Destaque do Ano", a principal da premiação: "É um orgulho, uma realização, a conquista de um objetivo receber esse prêmio do Yaris. Dedico para todo mundo no Brasil que trabalhou por anos para trazer esse carro. É lógico, dedicar esse prêmio a nossos clientes, que estão fazendo do Yaris um grande sucesso.

O que achamos do Yaris

UOL Carros avaliou

Yaris pode ser um best-seller?

Felipe Carvalho, "caçador de carros", analisa

Outros finalistas

  1. 2

    VW Virtus: 168 pontos

    O hatch Polo foi eleito "Destaque do Ano" pelo Prêmio UOL Carros de 2017. Para 2018, era grande a expectativa sobre a configuração sedã, o Virtus. E foi por pouco. A Volks fez questão de lançar o carro no começo do ano para ter toda a temporada a seu favor. Além da ótima plataforma MQB A0, equipamentos e dirigibilidade conhecidos do Polo, o Virtus tem porta-malas excelente (525 litros) e espaço interno (2,65 m, contra 2,56 m do hatch). Opções de motor (1.6 MSI, além do 1.0 TSI), oferta para clientes PCD (pacote de R$ 63 mil) e versão com "sonzão" (Beats) chegaram, deixando o esportivado GTS para 2019.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  2. 3

    Citroën C4 Cactus: 164 pontos

    "Melhor SUV Nacional" e pódio como "Destaque do Ano". De fato, o C4 Cactus é o melhor produto feito na América do Sul pela Citröen. Repetindo o que já falamos sobre ele, você não vai achar outro SUV compacto que ande tão bem. Visual ousado, bom espaço (descontando o porta-malas acanhado) e muita eficiência do 1.6 turboflex de 173 cv com câmbio automático de seis marchas, na versão de topo. Mesmo nas versões de entrada (com motor 1.5 aspirado e câmbio manual) e intermediária (o bom automático com o motor 1.6 aspirado, boa para uso puramente urbano), a dinâmica agrada.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  3. 4

    Fiat Cronos: 115 pontos

    Sedã do Argo, o Cronos chegou em fevereiro para peitar Virtus, HB20S, City e até versões mais completas Prisma e Versa. Construído com poucas diferenças para o hatch, tem entre-eixos idêntico (2,52 m) e opções de motor 1.3 (109 cv) e 1.8 (139 cv), esta com o bom câmbio automático de seis machas da Aisin, com trocas suaves e precisas (esqueça o automatizado GSR do 1.3). Porta-malas excelente (525 litros), suspensões na medida para o Brasil, isolamento de ruídos muito bom e acabamento interessante. Talvez tenha faltado motor turbo, mais eficiente, ou rede mais atenta para o Cronos ganhar vendas e posições.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  4. 5

    Ford Ka 2019: 92 pontos

    Terceiro automóvel mais vendido do país (no caso do hatch), o Ka ganhou aperfeiçoamentos importantes em 2018 para manter as boas vendas. Segurança foi o principal: reforços estruturais, aplicação de aços de ultra-resistência e reforço lateral, tudo para eliminar o vexame em testes de colisão do Latin NCAP. Também mudou o visual e recebeu, pela primeira vez, a opção de câmbio automático de seis marchas, sempre com o motor 1.5 Dragon flex, de 136 cv e 15,3 kgfm. Ficou muito esperto e agradável de dirigir, mas com preço elevado enfrentou uma concorrência pesada e com itens mais interessantes no geral.

    Imagem: Divulgação

Prêmio UOL Carros 2018

Com a chancela de ser realizado pela equipe editorial da maior empresa brasileira de conteúdo, tecnologia, serviços e meios de pagamentos digitais, o Prêmio UOL Carros chega à segunda edição prestigiando, mais do que lançamentos do mercado automotivo brasileiro (em oito categorias, incluindo o "Destaque do Ano"), também projetos de mobilidade, ações de sustentabilidade e tecnologias que movimentaram o setor.

São oito categorias definidas pelo voto de júri especializado: "Destaque do Ano" (a principal categoria), "Sustentabilidade", "Mobilidade", "Melhor Tecnologia/Inovação", "Melhor Importado", Melhor SUV Nacional", "Melhor SUV Importado" e "Melhor Picape". Em cada categoria, são cinco finalistas.

O júri

Tendo a jornalista e apresentadora Millena Machado como mestre-de-cerimônias, o Prêmio UOL Carros 2018 reuniu ainda executivos, engenheiros e assessores das principais empresas do setor automotivo do país, diretores do UOL e grandes nomes do jornalismo especializado em automóveis. 

Altamente especializado, o júri que definiu o resultado da premiação é composto por nove jornalistas renomados do eixo Rio-SP e também do Nordeste. São eles: Eugênio Augusto Brito (jornalista, editor de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Andre Deliberato (jornalista, engenheiro, editor-assistente de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Leonardo Felix (repórter de UOL Carros, vencedor do prêmio SAE), Vitor Matsubara (repórter de UOL Carros), Murilo Góes (editor de imagens de UOL Carros), Joel Leite (colunista de UOL Carros, radialista, especialista em Meio Ambiente e Semiótica), Benê Gomes (jornalista, editor do programa Auto+), Jorge Moraes (jornalista, influenciador digital, editor do Diário de Pernambuco, apresentador, colunista da rádio CBN/PE) e Fernando Miragaya (jornalista, editor do Autorama Podcast, colaborador do UOL, ex-editor dos jornais Globo, Extra, Estadão).

Em cada categoria, os votos de cada jurado foram transformados em pontos, cuja soma e ranqueamento definiram vencedores e demais colocados.

Além disso, em ano de Salão do Automóvel de São Paulo, temos a escolha do "Destaque do Salão do Automóvel 2018". É uma categoria singular, por contar com o voto popular diretamente no estande de UOL Carros.

Ampliado e melhorado

André Vinicius, diretor executivo de Publicidade do UOL, ressalta o maior porte da premiação de 2018. 

"Estar fazendo o Prêmio UOL Carros com esta dimensão e grandiosidade e poder materializar a relevância de UOL Carros no setor automotivo, como principal veículo digital de produção de conteúdo do Brasil, é muito importante", afirmou.

Diretor de Conteúdo do UOL, Murilo Garavello apontou ainda os números recordes de audiência, que reiteram a liderança como maior empresa de conteúdo, tecnologia, serviços e meios de pagamentos digitais, bem como de UOL Carros: "Neste mês [de outubro] tivemos recorde de audiência de UOL Carros, com eventos como o Salão do Automóvel, passando de 10 milhões de acesso no mês, e também batemos recorde incrível em outubro com a maior audiência da história do UOL, com 102 milhões de visitantes únicos".

Segundo o diretor, "é adequado que o Prêmio UOL Carros esteja deste tamanho e que próxima [edição do prêmio] seja bem maior".

Todos os vencedores

Os melhores do setor automotivo

Categorias do Prêmio UOL Carros

  • Destaque do Salão de SP

    McLaren Senna: carro de R$ 8 milhões é eleito pelo público

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Sustentabilidade

    Vencedor: Toyota - Híbrido Flex: 196 pontos. 2º HPE/Mitsubishi - Pró Verde/Pró Brasil: 146. 3º FCA/Tamar: 138. 4º GM - Fábrica Verde de Gravataí (RS): 127. 5º Volkswagen - Gestão Energética de SBC (SP): 113.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Mobilidade

    Vencedor: Eletrovia Rio-SP: 182 pontos. 2º Eletrovia PR: 159. 3º Projeto Biomob: 148. 4º Ford Accessibility Mat: 125. 5º Eletropontos Volvo: 106.

    Imagem: Divulgação
  • Melhor Tecnologia/Inovação

    Vencedor: Volvo XC40, semi-autônomo mais barato do Brasil: 177 pontos. 2º Volkswagen Manual Cognitivo em aplicativo no celular: 145. 3º Renault K-Commerce, venda online do Kwid: 139. 4º Mercedes-Benz EQ Boost, motor com sistema "mild-hybrid" do novo Classe C: 130; 5º BMW i3 2019, carro elétrico remodelado: 129.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Melhor Picape

    Vencedora: Volkswagen Amarok V6: 225 pontos. 2º Toyota Hilux 2019: 148. 3º Nissan Frontier 2019: 135. 4º Chevrolet S10 Midnight: 108. 5º Fiat Toro Endurance: 104.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Melhor SUV Importado

    Vencedor: Volkswagen Tiguan  Allspace: 191 pontos. 2º Mitsubishi Eclipse Cross: 155. 3º Jaguar E-Pace: 148. 4º Porsche Cayenne: 132. 5º Lifan X80: 94.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Melhor SUV Nacional

    Vencedor: Citroën C4 Cactus: 204 pontos. 2º Jeep Renegade 2019: 139. 3º Caoa Chery Tiggo 2: 132. 4º Honda HR-V 2019: 124. 5º Ford Ecosport Storm: 121.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Melhor Importado

    Vencedor: Ford Mustang: 185 pontos. 2º Volvo XC40: 184. 3º Peugeot 5008: 125. 4º Volkswagen Jetta: 120. 5º BMW X2: 106.

    Imagem: Murilo Góes/UOL
  • Destaque do Ano

    Vencedor: Toyota Yaris: 181 pontos. 2º Volkswagen Virtus: 168. 3º Citroën C4 Cactus: 164. 4º Fiat Cronos: 115. 5º Ford Ka 2019: 92.

    Imagem: Murilo Góes/UOL

Curtiu? Compartilhe.

Topo