Carros

Felipe Massa "pilota" Mercedes de verdade em SP; foi um AMG GT

Rodolfo Buhrer/Folhapress
A julgar pelo excesso de elogios, Massa deve estar na lista de espera pelo esportivo Imagem: Rodolfo Buhrer/Folhapress

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

29/10/2014 20h42

Depois de renovar praticamente toda a sua linha em apenas dois anos, em buscar de público menos conservador, a Mercedes-Benz fez uma festa com celebridades para apresentar seus novos lançamentos à imprensa no Salão de São Paulo 2014. Seguramente, a maior novidade da marca da estrela é o esportivo AMG GT, que acabou de ser lançado lá fora. UOL Carros havia antecipado, em setembro, que o novo carro alemão dos sonhos estaria presente no Anhembi.

Por entender a importância da apresentação, a montadora chamou Felipe Massa, piloto da Williams, equipe que utiliza motores da Mercedes na Fórmula 1. O brasileiro sentiu o gostinho de "pilotar" um Mercedes de verdade ao levar o modelo rumo ao palco. Ainda assim, não foi pioneiro: no lançamento global, foi o alemão Nico Rosberg (da equipe oficial da Mercedes) quem conduziu o esportivo ao palco. 

"Além de andar muito, o AMG GT é confortável para o uso no dia-a-dia. Quando é que chega ao mercado brasileiro?", indagou Massa. Os executivos responderam com outra informação antecipada por UOL Carros: será no segundo trimestre de 2015 -- em maio, mais precisamente --, já com direito a fila de espera.

Preço a montadora não adianta, mas saiba que, na Europa, o AMG GT deve partir de aproximadamente 115 mil euros (o equivalente a R$ 360 mil), metade do que custava seu antecessor, o SLS. Se essa lógica persistir por aqui, o superesportivo de 510 cavalos (gerados por um motor V8 biturbo de 4 litros) deve custar algo entre R$ 500 mil e R$ 800 mil -- o SLS beirava e, por vezes, superava R$ 1 milhão.

SHOW ESPORTIVO
A montadora alemã também exibiu a versão esportiva de duas portas do sedã Classe S, o belíssimo S 63 Coupé AMG, que traz um motorzão V8 de 585 cv  e promete aceleração de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. É desempenho de carro de corrida no automóvel mais luxuoso da Mercedes, que traz mimos como faróis inteiramente feitos de LED com cristais Swarovski, painel digital com visão noturna e suspensões inteligentes, que leem as imperfeições do piso e se adaptam a elas.

Configurações apimentadas da divisão esportiva AMG também estavam presentes, com destaque para o recém-lançado SUV compacto GLA 45 AMG. A potência de 360 cv extraídos de um motor de quatro cilindros e 2 litros. O jipinho, inclusive, foi apresentado pela cantora de axé Claudia Leitte. 

Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press
Apresentação do jipinho esportivo GLA 45 AMG foi feita pela cantora Claudia Leitte Imagem: Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press
Houve também espaço para a versão perua do novo Classe C, a C180 Touring, e para o anúncio de que as configurações cupê e AMG C63 (o carro mudou de nome), que desembarcam no Brasil ano que vem.

Para completar, a marca seguiu o coro dos "verdes" com uma versão elétrica do Smart Fortwo que promete autonomia de 145 quilômetros. Mas trata-se do Smart velho, não do novo, que já foi revelado na Europa e só chega ao Brasil em 2016. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo