Mobilidade

GM desafia Tesla com promessa de carro elétrico global e rentável em 2021

Paul Lienert e Nick Carey

18/11/2017 04h00

A General Motors vai lançar uma nova família de veículos elétricos em 2021, que deverá custar menos para ser produzida e tem como meta gerar lucro para a montadora. A confirmação veio da presidente-executiva da empresa, Mary Barra, que abriu a estratégia da empresa a investidores na última quarta-feira (15).

Os planos da fabricante representam um desafio direto para a especialista em veículos elétricos (e deficitária) Tesla, que ainda não se tornou rentável e luta para conseguir oferecer seus automóveis a preços mais acessíveis.

"Estamos comprometidos com um futuro portfólio de elétricos que será lucrativo", garantiu Mary Barra durante a Barclays Global Automotive Conference, em Nova York.

Veja mais

Volkswagen Virtus é revelado em SP e chega em janeiro
Duelo: quem é melhor, Kwid ou um compacto à moda antiga?

Especial: Como é feito um carro
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Siga UOL Carros no Instagram e participe de enquetes

Plataforma global só para elétricos

Veículos elétricos e autônomos -- conhecidos na indústria pelas siglas EVs e AVs, em inglês -- são vistos como os principais pilares de transporte do futuro, mas Tesla, Ford e outras montadoras ainda trabalham para tentar ganhar dinheiro com eles.

A GM procura sair desse padrão ao "desenvolver uma plataforma de veículos elétricos totalmente nova e global, que irá acomodar carros de vários tamanhos e segmentos para serem vendidos por diferentes submarcas da empresa nos EUA e na China", garante a presidente da empresa.

No início de outubro, a marca afirmou que planejava lançar 20 novos veículos elétricos até 2023, mas não deu detalhes específicos sobre o assunto. Em comparação, a Ford disse que planeja introduzir 13 novos carros "verdes" -- principalmente híbridos, movidos por eletricidade e motores a combustão -- até 2022.

Enquanto isso, a Tesla se prepara para lançar o Model 3, seu modelo "popular", e planeja futuramente adicionar a seu line-up um caminhão com 800 km de autonomia.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Mobilidade

Topo