Topo

Salão de São Paulo

Volkswagen mostra T-Cross no Brasil, Europa e China; veja o desenho do SUV

Ricardo Ribeiro; André Deliberato

Colaboração para o UOL, em Amsterdã (Holanda); do UOL, em São Paulo (SP)

25/10/2018 14h50

Marca fez uma tríade de eventos (em São Paulo, Amsterdã e na China) para mostrar seu novo SUV compacto global

Este é o Volkswagen T-Cross, finalmente apresentado de forma mundial. As primeiras imagens que você confere nesta reportagem mostram detalhes do modelo europeu, que está sendo apresentado neste instante em Amsterdã (Holanda), com participação in loco de UOL Carros.

A marca decidiu apresentá-lo por meio de uma "tríade" de eventos simultâneos (em São Paulo, Amsterdã e na China) para mostrar o desenho de seu projeto ambicioso, que será também exposto no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro.

O T-Cross europeu será feito em Navarra (Espanha, de onde também sai o Polo europeu) e espera-se que custe iniciais 17 mil euros -- cerca de R$ 72 mil diretos. No Brasil, será fabricado em São José dos Pinhais (PR) e entrará no mercado em 2019 para peitar Honda HR-V, Jeep Renegade, Hyundai Creta, Nissan Kicks e cia.

Veja o que já falamos sobre o T-Cross:

+ Como é o T-Cross brasileiro
Cinco pontos fortes e cinco vacilos do SUV

+ SUV vai atrasar e começa a ser feito só em abril
+ Motores serão 1.0 e 1.4 turbo
+ T-Cross brasileiro será melhor que o europeu? Veja diferenças
+ Para europeus, T-Cross pode ameaçar o Golf
+ T-Cross 1.0 TSI é ágil; veja avaliação

UOL Carros quer saber

O que ele tem

Feito sobre a plataforma modular MQB A0, o SUV (brasileiro) mede 4,19 metros de comprimento, 1,56 metro de altura (1 cm mais alto que o modelo europeu por conta da calibração diferente das suspensões) e tem distância entre-eixos de 2,65 metros, 8,8 cm a mais em relação ao projeto original.

Vale lembrar que a Volks do Brasil confirmou no começo deste mês que o modelo terá motores 1.0 (até 128 cv) e 1.4 TSI (150 cv) por aqui.

De acordo com a fabricante, a capacidade do porta-malas varia de 373 a 420 litros. Todas as versões sairão de fábrica com controle de estabilidade e, dependendo da configuração, a lista de equipamentos ainda inclui sistema de estacionamento Park Assist 3.0 (que funciona em vagas paralelas e transversais), seletor de modos de condução, frenagem automática pós-colisão e detector de fadiga. Front Assist (radar que detecta pedestres, obstáculos e outros carros) será de série na Europa, enquanto ACC adaptativo, frenagem automática pré-colisão, sensor de ponto cego e Lane Assist (sensor de faixa) estarão em pacotes opcionais.

* Viagem a convite da Volkswagen AG

Mais Salão de São Paulo