Topo

Salão de Paris


Mercedes-Benz GLE ganha "cara" de Classe X e mais conectividade

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/09/2018 04h00

SUV traz mais espaço para passageiros e bagagem, além de sistema de entretenimento de última geração

A Mercedes-Benz acabou com o mistério e revelou os detalhes do novo GLE. O SUV será a principal estrela da marca no Salão de Paris, que acontece na capital francesa no começo de outubro.

O utilitário esportivo ganhou linhas mais elegantes: a dianteira traz muitas semelhanças com a picape Classe X, principalmente nos formatos dos faróis e grade frontal. O desenho do para-choque também lembra o da picape, antecipando o estilo dos futuros SUVs da marca.

Veja mais

+ Mercedes EQC entra na briga de SUVs elétricos
+ Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+ Instagram oficial de UOL Carros
+ Siga UOL Carros no Twitter

A linha de cintura nas laterais ficou mais alta e a traseira ganhou lanternas mais finas que ficam em posição elevada, seguindo as tendências de estilo dos lançamentos mais recentes da Mercedes -- remetendo ao novo CLS.

O interior também foi profundamente modificado. A distância entre-eixos aumentou em 8 cm, entregando mais 6,9 cm de espaço para as pernas na segunda fileira de bancos e mais 3,3 cm de espaço para as cabeças dos passageiros.

Tecnológico

Assim como o novo Classe A, o GLE oferece o sistema de entretenimento MBUX, que inclui duas telas de 12,3 polegadas no lugar do painel de instrumentos e da tela da central multimídia. Por meio delas é que o motorista pode visualizar diversas informações relacionadas ao veículo e ter acesso aos comandos de som, climatização e demais ajustes do carro.

Inicialmente, o SUV será vendido apenas com o motor 3.0 de seis cilindros na versão GLE 450 4Matic -- são 372 cv e 51 kgfm de torque. O sistema conta ainda com uma bateria de 48 volts e uma função overboost chamada EQ Boost, que entrega mais 22 cv e 25,5 kgfm durante alguns segundos em situações de aceleração.

Outras motorizações a gasolina, além de versões a diesel e híbridas, estão nos planos da Mercedes para os próximos anos. Certo também é que todas as configurações sairão de fábrica com transmissão automática de nove marchas 9G-TRONIC, O sistema terá também uma embreagem multidiscos controlada de forma eletrônica, permitindo a transferência de torque entre os eixos -- recurso bastante útil em trilhas.

Mais Salão de Paris