Topo

Testes e lançamentos

Volkswagen Tiguan chega em maio custando entre R$ 124.990 e R$ 179.990

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/04/2018 21h52Atualizada em 10/04/2018 15h32

Modelo cresce, vira SUV médio de entre-eixos longo e tem versões de sete lugares para encarar Peugeot 5008 e o novo Honda CR-V

Atualmente dois em cada dez carros vendidos no Brasil são SUVs. Em cinco anos, serão três em cada dez. A Volks não quer ficar para trás e por isso decidiu anunciar cinco novos utilitários, para não ficar de fora de nenhuma faixa deste segmento. O primeiro a chegar é o novo Tiguan, vindo do México (e não mais da Alemanha, de onde vinha a geração anterior) e apenas na carroceria alongada, que tem a distância entre-eixos de 2,79 m.

Nessa configuração, oferece opção de cinco e sete lugares, conforme adiantado por UOL Carros. Os preços são os seguintes:

+ Tiguan Allspace 1.4 TSI 250 (5 lugares): R$ 124.990
Motor 1.4 TSI (150 cv e 25,5 kgfm de torque); câmbio automatizado DSG (dupla embreagem) de seis marchas; roda de liga leve de 17 polegadas; controle de pressão dos pneus; rack de teto e frisos pretos; tela central de oito polegadas com navegador; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; freio de estacionamento elétrico; retrovisor interno anti-ofuscante; volante multifuncional com paddles para troca de marcha; sensor de chuva; monitor de fadiga; ao-condicionado com três zonas de resfriamento.    

+ Tiguan Allspace 1.4 TSI 250 Comfortline (7 lugares): R$ 149.990
Pacote anterior e mais: rodas de 18 polegadas; rack e frisos cromados; bancos revestidos de couro e com aquecimento (o do motorista com ajustes elétricos); faróis e lanternas com LED; câmera de ré. 

+ Tiguan R-Line 2.0 TSI 350 (7 lugares): R$ 179.990
Acrescenta ao pacote anterior: motor 2.0 (220 cv,  (de 220 cv e 35,7 kgfm); câmbio DSG de sete marchas; tração integral 4Motion; pacote visual R-Line; rodas aro 19; revestimento de teto na cor preta; painel de instrumentos digital de 12 polegadas; controle de cruzeiro adaptativo (ACC); reconhecimento de pedestres; sistema de proteção de passageiros; modos de condução (oito ajustes); faróis com facho automáticos; abertura e partida sem chave; porta-malas com abertura automática; auxílio de estacionamento "Park Assist 3.0"; assistente de rampa. 

Segundo a marca, todas as versões são "conectadas" e trazem sistema de entretenimento completo, com tela tátil colorida com controle por voz e possibilidade de espelhamento de smartphones -- nas plataformas Apple CarPlay, Mirrorlink e Android Auto. Só o teto solar é opcional, vendido a R$ 4 mil em qualquer uma das versões.

Com essas versões a Volks espera ter um pacote competitivo e atualizado, compatível com o que é oferecido atualmente pelo mercado.

Veja mais

Na China, VW mostra novo Touareg, que só virá ao Brasil sob encomenda
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Rivais

Por ser maior que o Tiguan anterior, o novo modelo vai disputar clientes com carros maiores, como Jeep Compass, Peugeot 3008 e Chevrolet Equinox, mas também com modelos de sete lugares como o 5008 e o novo CR-V.

A Volkswagen acredita muito no pacote de equipamentos do modelo e diz que também vai oferecer as três primeiras revisões de forma gratuita para conquistar compradores (já embutidas no preço).

Um hotsite para as 500 primeiras unidades (com todas as versões) ficará disponível para que as entregas sejam feitas em maio. Depois disso, a Volks começa a vender o modelo das concessionárias, mas não calcula o tempo de entrega devido ao trâmite de importação.

UOL Carros vai rodar com o modelo justamente na quarta (11) e publica suas impressões ao dirigir oportunamente.

Eugênio Augusto Brito/UOL
Tiguan R-Line 350 2019: 350 representa o torque em "Nm", que são 35,7 kgfm Imagem: Eugênio Augusto Brito/UOL

Mais Testes e lançamentos