Topo

Seu Automóvel

Fiat Cronos 1.3 tira espaço do Grand Siena, que já é achado a R$ 49 mil

Murilo Góes/UOL
Compradores racionais tendem a preferir preço mais em conta do Grand Siena... e podem negociar ainda mais Imagem: Murilo Góes/UOL

Fernando Miragaya

Colaboração para o UOL, do Rio (RJ)

23/02/2018 04h00

Por R$ 53.990, novo sedã vai roubar espaço do modelo antigo também entre frotistas, oferecendo conjunto melhor; quem quiser o velho sedã pode pechinchar no preço

A chegada do sedã Cronos mudou radicalmente o portfólio da Fiat -- e não só pela aposentadoria de Palio, que foi retirado do site oficial da marca. Com o agressivo preço inicial de R$ 53.990 (veja aqui os equipamentos do modelos), a versão que é chamada apenas de Cronos inevitavelmente despertará o interesse dos taxistas. E vai aos poucos tomar o lugar do Grand Siena também neste nicho, que é importante.

Tanto é assim, que a próprio Fiat está "tranquila" com essa possível "Santanização" da versão mais barata do novo sedã. Para executivos da empresa, a "vocação profissional" do Cronos de entrada é algo positivo, não negativo, e servirá para reforçar a atenção do público sobre o sedã e a noção de que o carro tem qualidade.

"Olhe quais são os modelos de táxi na Alemanha e veja se isso deprecia as marcas", afirma Herlander Zola, diretor da Fiat. "Se fizer sucesso na praça é porque vai fazer sucesso em todos os segmentos. Táxi é sinônimo de carro confiável, confortável e robusto", arremata o diretor, que compara a atuação de marcas como BMW, Mercedes e Audi, que também entregam modelos ao setor de serviços na Europa. 

Se essa ainda não é a realidade absoluta nas ruas do Brasil, a agressividade da Fiat com o preço de entrada do argo pode mostrar que novos caminhos serão trilhados.

Fato é que partindo do preço sugerido e contando com os incentivos, o taxista pode ter o sedã derivado do Argo -- com projeto e motor mais modernos -- por menos de R$ 45 mil, destronando totalmente o Grand Siena. E, novamente, a Fiat novamente não esta preocupada com isso.

Veja mais

Veja os preços do Fiat Cronos e compare com 10 rivais
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Preço do Siena já cai

Como efeito da ação do Cronos, o preço do Grand Siena mais caro caiu de R$ 54.090 para R$ 50.990 -- valor que pode ser ainda menor na revenda ou com incentivos de vendas diretas. Embora justifique sua permanência no mercado, a Fiat sabe que o novo modelo pode tirar o atrativo do veterano sedã -- a mexida no preço pode ser boa principalmente para vendas diretas a locadoras e outros frotistas, mas fica a questão: até quando o Siena aguenta?

Além de ter um projeto mais moderno, o Cronos também está à frente do Palio quando o assunto é motorização. Enquanto o Grand Siena recorre ao cansado Fire EVO 1.4 de 85/88 cv e 12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm, o Cronos é movido pelo Firefly 1.3 de 101/109 cv e 13,7/14,2 kgfm a 3.500 rpm.

Conheça preços e equipamentos:

+ Fiat Cronos 1.3 manual: R$ 53.990
Motor: 1.3 Firefly de 101/109 cv (a 6.250 rpm) e 13,7/14,2 kgfm (a 3.500 rpm) com gasolina/etanol.
Câmbio: manual de cinco marchas.
Consumo (Inmetro): 12,4/14,8 km/l (gasolina) e 8,5/10,3 km/l (etanol) nos ciclos cidade/estrada.
Itens de série: rodas de aço com calota aro 15; volante multifuncional e banco do motorista com regulagem de altura; quadro de instrumentos com tela digital de 3,5 polegadas; chave canivete; trava e vidros dianteiros elétricos; direção elétrica progressiva; ar-condicionado manual; ganchos Isofix para cadeirinhas infantis.

+ Fiat Grand Siena 1.4 manual: R$ 54.090
Motor: 1.4 Fire de 85/88 cv (a 6.250 rpm) e 12,4/12,5 kgfm (a 3.500 rpm) com gasolina/etanol.
Câmbio: manual de cinco marchas.
Consumo (Inmetro): 11,2/13,1 km/l (gasolina) e 7,7/9 km/l (etanol) nos ciclos cidade/estrada.
Itens de série: rodas de aço com calota aro 14; chave canivete; computador de bordo; faróis de neblina; trava e vidros dianteiros elétricos; volante com regulagem de altura; direção hidráulica; ar-condicionado manual.

Hora de negociar para ter o Grand Siena

O executivo apressa-se em explicar que a Cronos 1.3 manual e Grand Siena Attractive 1.4 vão ocupar espaços diferentes no mercado. Isso porque o sedã mais antigo, há mais tempo nas ruas e com investimento já pago, tem "incentivos comerciais" nas lojas e pode se destinar a outro público, mais racional.

"Há questões comerciais que influenciam muito e o preço de tabela diz pouco sobre o potencial comercial de um carro. O Grand  Siena tem uma carga de incentivos comerciais que podem posicionar o modelo mais para baixo. Essa diferença entre os dois carros pode aumentar", adianta Zola.

Mas o mercado já viu este filme antes. Em outras palavras: o modelo antigo vai perder preço e atratividade até se aposentar "naturalmente". Se você se interessou no negócio que pode ser a compra do Grand Siena, não deixe de pechinchar para economizar o máximo possível. 

Antes do test-drive do Cronos, UOL Carros visitou uma concessionária no Rio e conseguiu preço de R$ 49 mil no sedã mais veterano. E apontamos: há margem para mais negociação.

Como é o Cronos

UOL Carros

Mais Seu Automóvel