Segredos automotivos

Toyota quer que Corolla e Yaris formem dupla imbatível contra Civic e City

Divulgação/Facebook Toyota Thailand
Imagem: Divulgação/Facebook Toyota Thailand

Fernando Calmon
Eugênio Augusto Brito
Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/09/2017 04h00

Não foi com tanta surpresa que a Toyota anunciou a produção nacional do Yaris, em Sorocaba, em projeto de R$ 1 bilhão. Afinal, já havia fortes especulações. Curioso foi a marca ter optado por confirmar a chegada apenas da configuração hatch e não do sedã, que também será produzido localmente. Isso é pura estratégia, podemos afirmar, e com objetivo de preparar um novo "campeão de vendas".

Por que a fabricante não fez nenhuma menção ao três-volumes durante o anúncio? "Para preservar o Corolla", disseram fontes. A marca receia que, ao dar o aviso oficial de que um sedã menor e mais barato viria por aí, muito consumidores podem desistir de comprar o Corolla para esperar pela novidade. O mesmo medo não acontece com o Etios Sedan, que não vende tanto quanto o carro maior. Mas isso é apenas parte da história.

Yaris é projeto de R$ 1 bilhão 
Corolla tem nota perfeita em crash test
Cruze quer desbancar Civic com motor nacional
+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube: https://goo.gl/B4mHyi
+ Instagram de UOL Carros: https://www.instagram.com/uolcarros/

Dupla imbatível

UOL Carros apurou, junto a executivos da marca no próprio evento e também com outras fontes, que a derivação três-volumes está, sim, integrada ao projeto, que inclui ainda a contratação de mais 500 pessoas para o complexo de Sorocaba (SP). A chave para o sucesso da marca com o novo modelo é não apenas não atrapalhar as vendas de seu best seller atual, como garantir que muito estrago seja feito nas vendas dos rivais, sobretudo da Honda: Civic e City.

Rafael Chang, presidente da Toyota no Brasil, afirmou que a variante com "bumbum" será importante para as pretensões da marca no país. O segmento de sedãs compactos-médios premium está para ser invadido nos próximos meses por Volkswagen Virtus e Fiat Argo sedã (ainda sem nome definido), mas ainda oferece espaço para novos players.

Esses sedãs de projetos mais recentes podem oferecer quase tanto espaço quanto o de modelos médios, ao passo em que a tecnologia embarcada pode ser até maior, por serem todos de novas e mais atuais plataformas. E isso por valores mais palatáveis -- qualquer versão mais completa dos modelos médios mais vendidos passa dos R$ 100 mil atualmente. 

Se o Honda City nunca embalou, a Toyota espera que o Yaris vire referência "japonesa" da categoria, se valendo do bom "boca a boca" que a marca tem entre os consumidores.

Se isso ocorrer, o novo sedã pode formar uma dupla infalível com o Corolla: a marca imagina ter o líder disparado entre os três-volumes médios seguido de perto pelo Yaris, ambos à frente de todos os outros sedãs, médios ou compactos. 

Este ano, o Toyota Corolla já entregou mais de 42 mil unidades, enquanto Civic emplacou menos de 19 mil. Entre os compacto premium, liderança da General Motors, com o Chevrolet Cobalt fazendo 15 mil entregas, enquanto Honda City tem 10 mil. A meta do novo Yaris, portanto, é ultrapassar o patamar da GM, o que o colocaria como barreira também ao Civic.

Divulgação
Interior do Yaris sedã tailandês deve ser replicado na configuração brasileira. Painel lembra muito o do atual Corolla, só que mais simples, embora volante e manopla de câmbio sejam idênticos Imagem: Divulgação

Como é o Yaris

Visual do sedã brasileiro do Yaris deve ser semelhante ao do Yaris Ativ, recém-lançado no mercado tailandês e exibido na imagem de abertura desta reportagem. Até o nome pode ser mantido, embora este ainda não esteja confirmado. 

Assim como o Yaris hatch, a configuração sedã vai utilizar uma plataforma atualizada do Etios, que mescla elementos do Yaris asiático (de porte maior) e também do europeu.

Ainda conforme nossas apurações, a Toyota teria solicitado regime de urgência para evolução das obras de expansão de Sorocaba, a fim de que a linha de produção esteja pronta já no princípio de 2018-- o Yaris hatch deve ser lançado ainda no primeiro semestre, enquanto o sedã ficaria para o final do ano.

Mande flagras por e-mail ou no WhatsApp

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie para UOL Carros, com seu nome completo, RG e/ou CPF, telefone, cidade de residência e local do flagra. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

UOL Carros também usa o WhatsApp como forma de receber suas imagens, agora com um novo número: basta adicionar o +55 11 9-7670-4028. Segue válida a forma anterior, pelo e-mail uolcarros@uol.com.br.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Segredos automotivos

Topo