Segredos automotivos

GM manterá sobrenome Sport6 no Cruze hatch, agora sim um "Sport"

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/09/2016 08h00

A GM deve seguir um rumo contrário ao que a maioria das montadoras faz nos últimos meses. Enquanto quase todas reúnem forças para mostrar suas novidades no Salão de São Paulo, em novembro, e lançá-las no mercado no começo de 2017, a Chevrolet planeja revelar o Cruze hatch no evento e começar e vendê-lo logo em seguida, ainda em dezembro.

Honda, com o Civic, e Jeep, com o recém-apresentado Compass, são outros dois exemplos que vão por este caminho.

Rodrigo Tognato/UOL
Cruze Sport6 já começa a ser flagrado constantemente, mas ainda com camuflagem Imagem: Rodrigo Tognato/UOL

Mesmo nome, outra ideia

Segundo uma fonte ligada à marca, que preferiu manter o anonimato, a nova geração do Cruze hatch manterá o sobrenome Sport6 usado pelo modelo atual, embora a nomenclatura não tenha feito tanto sucesso justamente pelo fato de os consumidores preferirem chamá-lo simplesmente de... Cruze hatch.

Só que dessa vez haverá um quê de "Sport" no modelo, ao contrário do atual: motor 1.4 turbo (o mesmo do sedã, de 153 cv e 24,5 kgfm de torque com etanol e 150 cv e 24 kgfm com gasolina) aliado à nova geração da caixa de transmissão automática de seis marchas, que foi recalibrada para valorizar o conforto no três-volumes, mas deve receber ajustes para ser ainda mais ligeira no hatchback.

Além disso, espere por um ajuste no conjunto de suspensões e na caixa de direção ligeiramente mais rígido do que pode ser visto no Cruze Sedan.

Rodrigo Tognato/UOL
Apesar de mirar no Golf, novo Cruze anda carrega certos traços orientais Imagem: Rodrigo Tognato/UOL

Golf que se cuide; seu bolso também

Objetivo é mais do que claro: da mesma forma que o sedã chegou mirando no Corolla e no Jetta baseando-se em bons números de consumo e itens conforto, o hatch terá como alvo o Volkswagen Golf 1.4, que atualmente custa entre R$ 95 mil e R$ 101 mil.

Não imagine preços tão diferentes que os do rival alemão, portanto, ainda mais se for levado em consideração o bom número de equipamentos -- alguns, inclusive, já com tecnologia semiautônoma -- que o carro da GM oferece.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Segredos automotivos

Topo