Topo

Carros

Honda Civic 10 vira premium e parte de R$ 87.900; veja versões

Adriano Delgado/UOL
Versão intermediária EXL terá cor de lançamento prata Imagem: Adriano Delgado/UOL

Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/07/2016 20h13Atualizada em 21/07/2016 13h31

Desde que chegou ao Brasil, em março de 2014, a 11ª geração do Corolla reinou absoluta no segmento de sedãs médios, eliminado a alternância com o Civic. Pois a Honda parece ter aprendido com os erros do passado e quer começar a alterar o cenário atual, a partir desta quarta-feira (20). A fabricante apresentou, pela primeira vez ao mercado brasileiro, a décima geração do Civic.

Com status auto-atribuído de carro premium, o modelo chega às lojas em 25 de agosto por iniciais R$ 87.900.

Antes do lançamento no mercado, será possível adquiri-lo em pré-venda, a partir de 30 de julho.

Conforme antecipado por UOL Carros, o Civic 2017 virá em cinco versões (com a mais básica, LX, tendo o nome trocado para Sport). Desde a base, traz tecnologias como controle de estabilidade, luzes diurnas e lanternas em LED -- o que explica, em parte, o preço inicial salgado. No topo, flertará com sedãs alemães premium como Audi A3 Sedan e Mercedes-Benz CLA.

Confira abaixo a lista completa de preços do modelo, que será produzido nacionalmente em Sumaré (SP):

+ Honda Civic 2017 Sport 2.0 manual: R$ 87.900
De série tem: seis airbags (frontais, laterais e de cortina); controle de estabilidade e tração; distribuição eletrônica de torque; luz de frenagem emergencial; luzes diurnas e lanternas traseiras em LED; faróis de neblina; rodas de 17 polegadas com acabamento escurecido; freios a disco nas quatro rodas; retrovisores elétricos; ar-condicionado digital; freio de estacionamento eletrônico com assistente de partida em rampas; piloto automático; modo de condução econômico; vidros elétricos um-toque em todas as posições; sistema de som com tela de cinco polegadas, quatro alto-falantes, Bluetooth, USB e comandos no volante; câmera de ré; e ganchos para cadeirinhas Isofix na fileira traseira de assentos.

Honda Civic 2017 Sport 2.0 CVT: R$ 94.900
O volante passa a contar com aletas para troca das marchas simuladas.

Honda Civic 2017 EX 2.0 CVT: R$ 98.400
Junto aos equipamentos das versões anteriores, acrescenta: rodas diamantadas; grade frontal cromada; retrovisores eletricamente rebatíveis e com repetidores de seta em LED integrados; faróis automáticos; bancos em couro; e painel de instrumentos com velocímetro e conta-giros digitais.

Honda Civic 2017 EXL 2.0 CVT: R$ 105.900
Adiciona: ar-condicionado automático de duas zonas; central multimídia com tela tátil de 7 polegadas, navegador GPS, interface para espelhar smartphone via Android Auto, Apple CarPlay e Mirror Link, entrada HDMI, duas portas USB, dois tweeters dianteiros e dois traseiros; e painel de instrumentos integralmente digital, com tela de TFT de alta definição.

Honda Civic 2017 Touring 1.5 turbo CVT: R$ 124.900
Além da motorização turbo e itens das demais versões: monitoramento de ponto cego por meio de câmera no retrovisor direito; conjunto óptico dianteiro totalmente em LED; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; bancos dianteiros com ajuste elétrico em oito direções; limpador de para-brisa com acionamento automático; retrovisor interno antiofuscante; teto solar elétrico; partida do motor por botão no painel ou pela chave; painel e guarnição das portas com acabamento em alumínio escovado; e as maçanetas externas cromadas.

Vanguarda

A diferença, hoje, chega a ser gritante: o modelo da Toyota emplaca, sozinho, o mesmo que todos os seus concorrentes juntos. Boa parte dessa vida mansa vem do acerto da própria Toyota em vender seu produto como o mais confiável do mercado.

Convenhamos: por mais que o Corolla supere R$ 100 mil na versão de topo Altis, que é escasso em equipamentos em relação aos rivais, não se pode negar que o excesso de conservadorismo da Honda para com o Civic de nona geração ajudou no processo.

 

Mais Carros