Carros

Sindicato vence, e VW recontrata demitidos para fazer carros globais no ABC

Edmilson Magalhães/Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Funcionários voltam ao trabalho na segunda (19), após acordo entre SMABC e Volks Imagem: Edmilson Magalhães/Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

16/01/2015 11h27Atualizada em 16/01/2015 20h57

O SMABC (Sindicato dos Metalúrgicos do ABC) informou nesta sexta-feira (16) que teve uma pequena vitória na negociação com a Volkswagen: segundo a entidade, a fabricante acatou o pedido dos trabalhadores de São Bernardo do Campo (SP) e vai readmitir 800 funcionários demitidos por carta e telegrama em 30 de dezembro de 2014. Eles serão mobilizados para a produção de novos modelos, de "plataformas globais".

Com o anúncio  a greve geral na unidade do ABC paulista deve ser encerrada com o retorno ao trabalho na próxima segunda (19), após duas semanas de paralisação total das atividades.

Em nota oficial, a Volkswagen se diz "satisfeita" com o desfecho da história e afirmou ter chegado "a uma proposta balanceada" com o sindicato, que "possibilitará a adequação da estrutura de custos e efetivo da unidade" de São Bernardo.

Murilo Góes/UOL
Trabalhadores farão modelos sobre plataformas globais, além do novo Jetta Imagem: Murilo Góes/UOL
GLOBALIZANDO
Dentro do acordo, a marca vai abrir um Programa de Demissões Voluntárias, "desterceirizar" a folha -- ou seja: usar funcionários próprios em postos ocupados antes por gente de empresas contratadas -- e, dentro de alguns anos, iniciar a produção de novos modelos, de "plataformas globais".

Um deles será o sedã Jetta, já anunciado no ano passado e que começa a ser montado até o fim do primeiro semestre. Outra possibilidade é a fabricação de substituto do atual Gol (e sua linha) sobre plataforma global.

Atualmente, a fábrica do ABC é responsável pela montagem de Gol, Saveiro, Polo e Polo Sedan.

POR DENTRO DO ACORDO
Segundo o sindicato, a montadora consentiu em reverter as demissões numa assembleia realizada nesta manhã, em frente à entrada principal da unidade. Entretanto, ponderou que precisará readequar as funções dos mais de 13 mil trabalhadores à atual demanda de produção.

Além de revogar as demissões já consumadas, a Volks se comprometeu a fazer, a partir de 2016, reajustes anuais nos salários com base no INPC, índice de inflação usado oficialmente para esse fim. Até este ano, os reajustes eram feitos por meio de abonos.

O novo acordo coletivo entre Volkswagen e sindicato tem validade até 2019.

Conforme apurou UOL Carros na semana passada, a greve em São Bernardo do Campo fez com que a Volkswagen deixasse de produzir 1.400 carros por dia. Em 12 dias úteis de máquinas paradas (a unidade só não abre aos domingos), a fabricante terá deixado de montar, portanto, 16.800 veículos.

Leia, abaixo, a íntegra da nota oficial emitida pela Volkswagen sobre o assunto:

“A Volkswagen do Brasil vê com satisfação a aprovação do novo Acordo Coletivo por seus empregados. Empresa e Sindicato retomaram as discussões nesta semana e chegaram nesta sexta-feira (16) a uma proposta balanceada que possibilitará a adequação da estrutura de custos e efetivo da unidade. O resultado contempla a continuidade dos mecanismos de adequação de efetivo por meio de Programas Voluntários, com incentivo financeiro, e também “desterceirizações” temporárias para alocação de parte do excedente de pessoal, entre outras medidas. Além disto, assegura a vinda de uma nova plataforma mundial de produto, solidificando as bases de um futuro sustentável para a Unidade Anchieta”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo