Topo

Carros

BMW entra na série de recalls dos airbags da Takata: 1,6 milhão de Série 3

Divulgação
Já é o 2º pelo mesmo motivo. Outras marcas, especialmente japonesas, também aderiram ao recall Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP), com Reuters

16/07/2014 12h31

A BMW anunciou nesta quarta-feira (16) que pretende fazer um recall global de cerca de 1,6 milhão de carros. O objetivo é substituir o airbag frontal do passageiro, devido a potenciais problemas envolvendo a ruptura do gerador de gás.

Segundo comunicado emitido pela montadora alemã, o chamado afetará unidades da quarta geração da família Série 3 (E46), fabricadas entre maio de 1999 e agosto de 2006. A marca constatou falhas em carros concorrentes, produzidos em períodos semelhantes, que utilizam sistema de airbags da mesma marca, a Takata.

O chamado é uma extensão de outro feito no ano passado, por igual motivo, e que envolveu 240 mil unidades do Série 3. Isso significa que todos os proprietários que já fizeram a correção do problema no recall anterior estão isentos de participar desta nova ação.

Honda, Toyota, Chrysler, Ford, Mazda, Nissan e Subaru já haviam formalizado recalls por essa falha no gerador de gás da Takata. O caso se desenrola há mais de um ano e vem causando prejuízos à fornecedora japonesa.

A BMW garante que nenhuma ocorrência foi registrada em um de seus modelos, e que a convocação tem caráter meramente preventivo. A UOL Carros, a assessoria da BMW do Brasil afirmou que ainda não há informações sobre a participação de unidades brasileiras na ação.

Veja todos os recalls do Brasil em 2013:

Mais Carros