Carros

Mercedes lança CLA 45 AMG a R$ 289.900 e promete não "empobrecer" gama

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

23/05/2014 20h00Atualizada em 07/07/2014 16h28

Dando sequência à estratégia de deixar os produtos de sua divisão de performance um pouco mais acessíveis, a Mercedes-Benz lançou nesta sexta-feira (23) no Brasil o modelo CLA 45 AMG, versão apimentada do sedã da Classe A.

Ao contrário do que a própria montadora previa, ele terá preço inicial abaixo dos R$ 300 mil: a pedida é R$ 289.900.

"A cotação do dólar, um pouco mais baixa de 2013 para cá, contribuiu para essa redução", explicou o gerente sênior de vendas da marca no país, Dirlei Dias, em conversa com UOL Carros durante o evento de apresentação.

Mecanicamente, o esportivo é idêntico ao A 45 AMG, hatch da família que já é vendido por aqui a R$ 259.900 tendo como diferencial o motor 4-cilindros de 2 litros que, apesar do tamanho, é capaz de gerar 360 cavalos de potência (a 6.000 rotações por minuto) e 45,88 kgfm de torque (entre 2.250 e 5.000 rpm). É o propulsor 2.0 mais potente do mundo, e também o que possui maior número de cavalos por litro (180).

Com a dupla A e CLA 45 AMG, a Mercedes espera promover um aumento de 73% nas vendas da grife esportiva para o mercado brasileiro -- de 300 unidades em 2013 para 520 ao fim deste ano (sendo 120 só do sedã-cupê). Mas a aposta nesses esportivos compactos é temporária, pois até o fim de 2014 o foco voltará à versão especial do novo Classe C.

Sem rivais (ainda)

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Não há concorrentes diretos para o CLA 45 AMG no Brasil, pelo menos por enquanto. Das duas principais montadoras rivais (e conterrâneas) da Mercedes no país, a BMW sequer possui um sedã-cupê médio para brigar com esse carro, enquanto a Audi está para trazer ao país o RS3 Sedan, versão mais apimentada do A3 Sedan, embora sem data definida.

BARATEAR SIM, EMPOBRECER JAMAIS
Durante a conversa com UOL Carros, o gerente sênior da Mercedes garantiu que a marca está se mobilizando para responder às recentes manobras da rival Audi, que reduziu a motorização e retirou itens de série dos A3 Sportback e Sedan para deixá-los abaixo dos R$ 100 mil (o hatch agora parte de R$ 90.600, e o sedã, de R$ 94.700). Depois, repetiu a dose na série limitada Kult, do compacto A1, que passou a sair por menos de R$ 80 mil.

Entretanto, segundo Dias, a Mercedes não apelará ao "empobrecimento" das versões de entrada de seus modelos. "Tirar itens de série é algo que nem cogitamos", enfatizou.

Divulgação
Ao inserir motor menor e transformar antigos itens de série em opcionais, Audi reduziu preço do A3 Sedan para menos de R$ 100 mil. Mercedes "nem cogita" replicar tática Imagem: Divulgação

Para acirrar a concorrência, a Mercedes está oferecendo o A200 Style, carro de entrada da gama, por R$ 110.900, com descontos que o deixam por até R$ 99.900 nas concessionárias de São Paulo, na desova das últimas unidades da linha 2013/2014. A estratégia inclui ainda lançar modelos com preços abaixo do previsto (caso do CLA 45 AMG), facilitar processos de troca por usados e oferecer descontos para as três primeiras revisões.

COMO É O CLA ENVENENADO
Ao avaliar o modelo em primeira mão no ano passado, em Hanover (Alemanha), o repórter de UOL Carros André Deliberato o classificou como um "míssil". Em pequeno test-drive organizado pela Mercedes nesta sexta no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), foi possível corroborar essa opinião.

O torque proporcionado pelo "pequenino" 4-cilindros com turbo de dupla entrada é impressionante, especialmente em baixas e médias rotações. E, ao se levar em conta a relação peso/potência de 1 cv a cada 4,4 quilos, chegar aos 200 km/h na reta principal do circuito paulistano não é tarefa das mais árduas. A rapidez na troca das marchas do câmbio automatizado de dupla embreagem, o Speedshift DCT de sete velocidades, também chama a atenção.

No modo Sport, o som proporcionado pelo escapamento duplo é imponente e agrada quem gosta de um ronco que marca presença. Já no convencional, uma aleta restringe a emissão de gases a um único bocal, suavizando o ruído.

Divulgação
Motorzinho? Quatro-cilindros do CLA 45 AMG é o propulsor de dois litros mais potente do mercado, e ajuda cupê-sedã a fazer o 0-100 km/h em 4,6 segundos Imagem: Divulgação

Com suspensões esportivas (mais rígidas), direção elétrica progressiva, tração integral, freios recheados de auxílios eletrônicos -- ABS (antitravamento), BAS (assistência de frenagem), ABR (freios adaptativos) e EBD (distribuição eletrônica de frenagem) --, controles de estabilidade e tração, além de pneus radiais 235/35, montados em rodas de liga leve de 19 polegadas, o Classe A AMG transmite segurança ao motorista o tempo todo, mesmo em situação de asfalto úmido, como a encontrada em Interlagos.

Entretanto, andar com suspensões tão duras e rodas desse diâmetro nas ruas brasileiras não é uma receita de conforto. Para corrigir o primeiro problema, basta trocar o modo de pilotagem do esportivo para o convencional; no segundo caso, escolher rodas com aro 18 (opcionais) na hora de montar o pacote pode amenizar o problema.

Como o teste foi breve, não deu tempo de sentir o real conforto dos bancos em couro, nem de experimentar os diversos itens tecnológicos: piloto automático, limitador de velocidade, retrovisores laterais com rebatimento elétrico, computador de bordo com conexão para USB, iPod e MP3, navegador GPS, alerta de atenção, ar-condicionado com duas zonas, faróis bixenônio com acendimento inteligente, aquecimento dos assentos dianteiros, teto solar panorâmico, sistema stop/start, câmera de ré e assistente de estacionamento.

Divulgação
Modelo mostra vocação para as pistas em teste no circuito de Interlagos Imagem: Divulgação

No exterior, destaque para as proeminentes entradas na grade e parachoque dianteiros, dispostas para melhorar a refrigeração do turbo. Saliências nas laterais contribuem para a sensação de movimento e as lanternas traseiras, embora com linhas "caídas", ajudam a dar visual agressivo. Por dentro, o toque esportivo não deixa de lado o refinamento, com detalhes em couro, alumínio e plástico de boa qualidade.

A lista de opcionais do CLA 45 AMG inclui revestimento dos assentos em três outros tons (todo preto, cinza ou marrom. O de série é preto com orifícios e costuras em vermelho), adereços em fibra de carbono por dentro e nas saias laterais, desbloqueio do limitador de velocidade (de 250 para 270 km/h) e a já mencionada roda com aro de 18 polegadas.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo