Carros

Volkswagen Up brasileiro mostra sua cara pela primeira vez

Divulgação
Perto: em versão bem equipada, Up brasileiro posa para foto oficial em fazenda paulista Imagem: Divulgação

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/01/2014 15h19

A Volkswagen do Brasil divulgou nesta quinta-feira (9) a primeira imagem oficial do Up brasileiro. O novo modelo da marca alemã para o mercado nacional foi fotografado na Fazenda Capuava, em Indaiatuba (SP), distante 90 quilômetros da capital paulista. O local é rotineiramente usado por montadoras para apresentação de seus veículos à imprensa especializada.

  • Reprodução

    Hotsite do Up brasileiro revela apenas silhueta, deixando cara "sorridente" nas sombras.

Esta primeira imagem deve ter sido feita por ocasião, justamente, da apresentação do carro a revistas e veículos impressos, que precisam de um prazo maior para preparar suas análises. UOL Carros e outros sites conhecerão o Up nos dias 4 e 5 de fevereiro, datas em que (deduzimos) deve-se ter o lançamento oficial do hatch compacto no Brasil.

Junto com a primeira imagem, a fabricante enviou comunicado afirmando que o Up "marcará início de uma nova era para a Volkswagen no Brasil", no qual também classificou o carro como "o mais inovador de seu segmento no mercado brasileiro".

Certamente, o Up é um dos modelos mais importantes da Volkswagen global atualmente. Mostrado como conceito desde meados de 2007, o compacto ganhou vida em 2011 e foi imediatamente classificado pelo então chefão da marca, Ulrich Hackenberg (atualmente, encarregado pelo grupo Audi, subsidiária premium da marca, que controla também a Ducati, de motos, e o estúdio Italdesign/Giugiaro), como o "Fusca do século 21". O sentido era claro: não havia referência ao novo modelo esportivo, mas ao tradicional Fusquinha, criado dos anos 1950 e que se tornou o modelo mais conhecido da marca e, em si, sinônimo de automóvel para muitos.

Se ao redor do mundo, sobretudo no competitivo e recheado mercado europeu ter um carro pequeno, até certo ponto simples e feito para vender em larga escala parece algo cada vez mais fora de moda, no Brasil e em países emergentes, a fórmula ganha força e ainda parece ser fadada ao sucesso. Ainda assim, e novamente citando o comunicado da Volkswagen brasileira, o Up promete "ser uma referência em termos de design, desempenho, consumo e segurança".

O nosso é o deles

  • Divulgação

    Agora, comparamos a primeira foto do Up nacional com o carro que testamos na Alemanha (abaixo). O estilo não teve alterações significativas, com mesmo padrão de faróis, para-brisa ligeiramente prolongado, bancos frontais com apoio de cabeça integrado (similar ao do Fiat Uno), fenda no lugar da grade frontal, emblema tamanho GG e para-choque com seção central "flutuante".

  • Os pneus do nacional parecem mais finos, mas as "super-calotas" sobre rodas de aço permanecem. Se o carro alemão tem repetidor de seta na caixa de rodas, o nacional leva para a capa do retrovisor. Janelas traseiras também são diferentes, com dois elementos, possivelmente para abertura vertical e não basculante. A coluna C (final) é claramente mais grossa, mostrando ampliação do porta-malas. A distância para o solo também é maior, sinal de mudanças na suspensão.

  • A versão nacional carrega ainda o emblema White, usado na Europa para a versão White Up, mais equipada, o que explica os retrovisores e frisos metálicos e, no interior, o aparelho sobreposto ao painel -- lá fora, esta telinha agrega computador de bordo e GPS, aqui, não se sabe...

  • Eugênio Augusto Brito/UOL

Como UOL Carros já apontou, o Up tem tudo para ser um dos principais lançamentos de 2014, ano que já pode ser considerado quente para modelos compactos de todos os segmentos, dos chamados "populares" aos importados de luxo. Apesar disso, a novidade não promete estar sob o capô, já que o carrinho trará o motor tricilíndrico de 1 litro, 12 válvulas e 82 cv de potência (etanol) já usado no Fox Bluemotion, com excelentes resultados de consumo. Sobre a segurança, haverá airbag duplo e freios com ABS, claro, mais paira dúvida gigante sobre a possibilidade de versões mais caras contarem com, entre outros itens, freio automático usado na Europa.

A aposta, portanto, está nas consequência de mercado que o Up a ser fabricado em Taubaté (SP), trará à cena ao encarar rivais consolidados, como Fiat Uno, ou substitutos de figurões como o Chevrolet Celta (sequer avistado em testes) e o novo Ford Ka, que chega em abril.

Up foi criado por designer brasileiro; veja o esboço

  • Marco Antonio Pavone, designer da Volkswagen e "pai" do Up explicou a UOL Carros, durante o Salão de Frankfurt 2013, qual a ideia básica do carrinho: "Até criança vai entender".

É PEQUENO OU GRANDE
Antes desta primeira imagem limpa, sem disfarces, o Up havia sido flagrado inúmeras vezes, sempre com camuflagem sobre a dianteira e, sobretudo, portas traseira e tampa do porta-malas. Antes da revelação desta quinta, um hotsite da marca foi ao ar com uma imagem do carrinho envolto em sombras para deixar transparecer apenas a silhueta do que poderia ser qualquer um dos carros atuais da Volkswagen.

Mesmo a imagem limpa não mostra, por exemplo, a traseira. O grande mistério está nas adaptações de projeto feitas para o carro nacional e que foram adiantadas ainda em 2011 por Hackenberg: o Up local deveria ter porta-malas maior. Além disso, as janelas das porta traseira devem ter abertura tradicional, enquanto o modelo europeu usa vidros basculantes. Por fim, é quase certo que o Up de Taubaté troque a bela tampa de vidro para o porta-malas por peça convencional, metálica.

Tamanho mistério -- e que gera especulações até o momento -- somente se justifica com a análise da importância do Up para a marca. Além de substituir o Gol G4 na base do mercado, será do novo carro a tarefa de atrair não apenas quem precisa de um carro modesto, "pau para toda obra" (como consumidores iniciais e frotistas), mas também um jovens universitários, descolados, solteiros em busca de opção diferente do que existe por aí, compradores que torcem o nariz para a imagem rústica da marca e que não suportam ver o best seller Gol nem pintado de dourado. Será esta a missão do Up: mostrar que, apesar de pequeno, pode ser um grande carro. A conferir.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo