Carros

Chevrolet muda tudo para tentar salvar o Malibu nos EUA

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/05/2013 15h43

Sem alcançar o sucesso que esperava no mercado norte-americano, a Chevrolet fez um ajuste de rota drástico na atual geração do Malibu, revelada no Salão de Frankfurt 2011, ou seja, há menos de dois anos. O carro, que sequer chegou ao Brasil, ganha novo visual, mecânica e acabamento na versão 2014, mostrada nesta sexta-feira (31). O novo Impala, carro topo da gama de sedãs da marca nos Estados Unidos e que deve ser lançado até o final do ano, serviu de inspiração.

Um processo semelhante ocorreu com o Honda Civic no ano passado, pois o carro também não havia agradado ao consumidor dos EUA. A facilidade com que os carros vêm mudando nos últimos anos nos faz voltar à discussão: o carro tem de se tornar obsoleto rápido para deixar a concorrência para trás?

O QUE MUDA NO MALIBU
Espaço interno melhorado, visual dianteiro renovado e maior economia de combustível (obtida graças a um novo sistema star-stop do motor) são as principais novidades no modelo 2014 do sedã.

Por dentro, os ocupantes traseiros ganham espaço adicional para as pernas (cerca de 3,2 centímetros, apenas com ajustes nos bancos) e o console central está mais longo, além de ter dois novos suportes para copos e um compartimento para celulares. A suspensão também foi aperfeiçoada e usa tecnologia vinda do Impala.

O Brasil deveria começar a importar a nova geração do modelo a partir do segundo semestre deste ano, segundo fontes ouvidas por UOL Carros. Diversos flagras do carro já rodam pelas cercanias da fábrica da GM em São José dos Campos (SP).

Sobram três perguntas no ar: a data prometida será mentida? O carro já chega com o novo visual? E, a mais importante para a GM, o modelo vai conseguir agradar aos consumidores a partir de agora? O tempo e os rivais (Toyota Camry, Honda Accord, Hyundai Sonata, Ford Fusion e Volkswagen Passat, principalmente) dirão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo