Carros

Dilma defende Inovar-Auto e prorroga IPI menor até fim do ano

Diogo Moreira/Frame/Estadão Conteúdo
Imagem: Diogo Moreira/Frame/Estadão Conteúdo

Eduardo Simões

Da Reuters, em São Paulo (SP)

24/10/2012 15h18

A presidente Dilma Rousseff anunciou a prorrogação do IPI reduzido para veículos -- que terminaria no final do mês -- até 31 de dezembro deste ano. Durante cerimônia de abertura do Salão do Automóvel em São Paulo, nesta quarta-feira (24), a presidente fez uma ampla defesa do novo regime automotivo, o Inovar-Auto.

"Nós queremos gerar tecnologia, porque o nosso país tem um desafio e chama-se o desafio da produção, e produzir vai significar para o Brasil ter uma imensa capacidade de inovar", disse a presidente.

Dilma também atribuiu o bom momento vivido pela indústria automotiva à ascensão da nova classe média. O mês de agosto registrou recorde histórico de vendas, com mais de 405 mil unidades de carros e comerciais leves vendidas.

"Temos que nos integrar às economias mais avançadas do mundo, somos um mercado automotivo atraente. Vamos buscar eficiência. Hoje, vi com muita alegria carros híbridos e elétricos. Não há nenhum país no mundo que tenha essa matriz de energia, incluindo o etanol. As metas do novo regime são factíveis e realistas", completou.

Com Redação de UOL Carros

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo