Topo

Testes e lançamentos


Peugeot 208 elétrico estreia na Europa por R$ 140 mil de olho no Brasil

Xu Jinquan/Xinhua
Inédita versão elétrica do compacto entrega 136 cv de potência e 25,5 kgfm de torque Imagem: Xu Jinquan/Xinhua

Ricardo Ribeiro

Colaboração para UOL Carros, em Coimbra (Portugal)

2019-06-11T09:47:09

11/06/2019 09h47

Resumo da notícia

  • Inédita versão elétrica promete autonomia de 340 km
  • Nova geração chega ao Brasil em 2020 e conviverá com atual
  • Variante elétrica está cotada para nosso mercado
  • E-208 representou 75% das reservas da pré-venda europeia

A Peugeot abriu a venda na Europa e divulgou os preços oficiais das opções com motor elétrico do 208 de nova geração. O e-208 já pode ser encomendado nas concessionárias da marca na França por 32,1 mil euros (Active), 33 mil euros (Allure), 35,6 mil euros (GT) ou 37.150 euros (GT Line) - entre R$ 141 mil e R$ 163 mil na conversão direta (sem impostos).

E os brasileiros devem ficar de olho nele. É que a nova geração do 208 chega ao Brasil no ano que vem, conforme antecipado por UOL Carros. Inicialmente, o modelo será produzido na Argentina, de onde virá importado para o mercado brasileiro. Uma operação que também pode facilitar o desembarque das configurações eletrificadas.

Como já publicamos, concessionários de marca confidenciaram à reportagem que o novo 208 conviverá com o atual no Brasil, em um primeiro momento. A atual geração continurá sendo fabricada em Porto Real (RJ), mas apenas em versões mais simples. Enquanto a nova, importada dos hermanos, ficaria um degrau acima, como uma opção topo de linha.

As mesmas fontes afirmaram que o e-208 pode chegar como uma opção ainda mais exclusiva nesta gama ampla. Afinal, elétricos estão em alta, o e-208 representou 75% das reservas da pré-venda europeia e a fábrica de El Palomar recebeu investimentos para a fabricação dos novos 208 e 2008.

Choque no bolso

O preço, claro, segue um problema para a eletrificação no mercado brasileiro. Um dos principais modelos que o e-208 quer enfrentar, o Renault Zoe é vendido no Brasil por R$ 150 mil. Na Europa, onde é o segundo do ranking de elétricos, o francês parte de 27 mil euros (R$ 120 mil, em conversão direta) e deve ganhar uma segunda geração no ano que vem. A atual é de 2012.

O Nissan Leaf, elétrico campeão europeu em 2018, também pode ser encomendando no mercado brasileiro. O modelo parte de R$ 178.400 e custa 32,4 mil euros em Portugal (R$ 142,4 mil).

Apresentada oficialmente no Salão de Genebra, em março, a nova geração do Peugeot 208 tem visual arrojado, está mais encorpada e ganhou sistemas de assistência ao condutor.

Já o e-208 pretende ser o primeiro elétrico de volume da marca, que já tinha o subcompacto urbano iON. O motor do e-208 entrega 136 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, com promessa de 340 km de autonomia e opção de carga rápida em estações específicas.

Nesta semana, também foi aberta a venda da nova geração do Opel Corsa, o e-Corsa, na Alemanha. O modelo usa a mesma plataforma do e-208, em renovação desenvolvida já sob o comando da PSA Peugoet-Citroën, que comprou a Opel da GM.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Testes e lançamentos