Topo

Salão de São Paulo

Chevrolet Bolt será vendido no Brasil em 2019 a partir de R$ 175 mil

Murilo Góes/UOL
Chevrolet Bolt no Salão de São Paulo 2018 Imagem: Murilo Góes/UOL

Alessandro Reis, Leonardo Felix, Eugênio Augusto Brito

Colaboração para o UOL e do UOL, em São Paulo (SP)

06/11/2018 09h46

GM confirma chegada do elétrico ao país e comemora IPI reduzido que permitiu "preço abaixo de R$ 200 mil"

A General Motors usou sua coletiva de imprensa nesta terça-feira (6) no Salão de São Paulo 2018 para confirmar que o monovolume elétrico Chevrolet Bolt será vendido no Brasil. O modelo, já avaliado por UOL Carros em território brasileiro, chega em algum momento de 2019 a partir de R$ 175 mil.

Mês de chegada ainda não está confirmado, mas UOL Carros aposta que lançamento deve ocorrer no primeiro semestre, visto que já há valor inicial definido.

Veja mais

+ Fabricar carro elétrico é muito diferente de um normal? Veja
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Já avaliamos: Bolt é o melhor carro da GM; veja por quê

UOL Carros

IPI novo (e concorrência) viabilizou

Valor parece salgado, e é, mas em uma realidade na qual modelos com propulsão 100% elétrica pagavam a alíquota máxima de 25% de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), a fabricante comemorou o simples fato de ter conseguido chegar a uma etiqueta inicial abaixo de R$ 200 mil. Esse valor o deixa abaixo, por exemplo, do patamar do BMW i3, modelo eletrificado premium alemão, que agora só chega ao Brasil por encomenda.

Grande responsável por isso foi a nova proposta de tributação para modelos híbridos e elétricos advinda do "Rota 2030", o futuro regime automotivo nacional. Com ela, o Bolt pagará meros 8% de IPI, segundo percentual mais baixo (acima apenas dos 7% concedidos a veículos 1.0).

"Não usamos uma fórmula mágica. O preço que vamos praticar não é deficitário, mas tivemos de fazer um pulo do gato para conciliar um elétrico com bom custo-benefício", avaliou Hermann Mahncke, diretor de marketing da GM na América do Sul.

Algo não dito pelo executivo: o Bolt já deverá ter concorrência -- e isso também pode ter sido decisivo para o anúncio dos valores. A Nissan mostrará, também nesse Salão de SP, a segunda geração do Leaf, que será finalmente vendida no Brasil. Outra marca a apostar em elétrico será a Renault, muito certamente com o Zoe. 

O que o executivo da GM também apontou é que, de acordo com as expectativas da montadora, uma possível reforma tributária promovida pelo próximo governo pode abrir margem para uma redução dos preços. Enquanto isso não acontece, o Bolt chegará ao país importado de Orion (Estados Unidos) em pelo menos duas versões de equipamentos.

Como ele é

Sistema de propulsão gera o equivalente a 203 cavalos de potência e 36,7 kgfm de torque, permitindo um 0-100 km/h de meros 6,5 segundos. Autonomia varia entre 380 e 450 quilômetros, a depender do modo de condução selecionado.

Porte é de carro compacto: 4,16 metros de comprimento e 2,60 m de entre-eixos, mas a ausência de um motor a combustão permite que o porta-malas chegue a excelentes 480 litros de volume. Na parte de segurança há 10 airbags e sistemas de assistência ativa/passiva. Nos EUA, são duas configurações: a de entrada custa US$ 37 mil (Bolt  EV  LT), enquanto a de topo vai a US$ 41 mil (Bolt EV Premier). Não se sabe ainda quais serão as configurações brasileiras.

De toda forma, o consumidor poderá ter uma boa ideia de como o Bot funciona e sem precisar comprá-lo: o carro pode será testado na área externa do Salão de SP, durante toda a duração do evento, que abrirá suas portas ao público de 8 a 18 de novembro.

Ah! Muito provavelmente o Bolt será o primeiro modelo da GM a trazer para o Brasil a conexão internet 4G a bordo, conforme antecipado por UOL Carros na segunde-feira (5) e confirmado pela GM em sua coletiva. O sistema deve equipar todos os lançamentos da marca a partir do ano que vem, incluindo as novas gerações de Onix e Prisma.

Mais Salão de São Paulo