Topo

Testes e lançamentos


Ford Ka 2019 vai de R$ 45.490 a R$ 70.990 para brigar no topo; veja preços

Fernando Miragaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

24/07/2018 00h00Atualizada em 24/07/2018 00h59

Família de compactos ganha reestilização seguindo mudanças adiantadas pela versão FreeStyle; confira as novidades

A Ford resolveu dar atenção ao seu filho menor. Até porque é ele que responde por volume dentro da marca e no segmento que mais vende no país. Depois de lançar a inédita versão pseudo-aventureira FreeStyle, agora é hora de apresentar o restante da linha compacta com novidades no desenho e na mecânica.

A ideia é emprestar mais requinte e conforto ao Ka para manter a posição de terceiro mais vendido do país, com 48.262 unidades vendidas entre janeiro e julho de 2018. O caminho passa por um discreto facelift, reposicionamento das versões, acerto na suspensão e na direção, estreia de motor, troca do câmbio manual e inédita opções de transmissão automática.

Veja mais

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Preços começam em R$ 45.490, mas as novidades de itens da linha 2019, como airbags laterais e de cabeça, partida sem chave, câmera de ré e rodas de liga leve aro 15, só mesmo nas Titanium, as mais caras: R$ 68.990 e R$ 70.990. A topo de linha mantém o interessante pacote de segurança com controles de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas e alarme.

Veja como fica a linha Ka hatch e sedã, com versões, preços e equipamentos:

Ka S 1.0

+Hatch 1.0: R$ 45.490

Equipamentos principais: ar-condicionado, Isofix, direção com assistência elétrica, Isofix, vidros dianteiros e travas elétricos, banco traseiro rebatível e bipartido, ajuste de altura do banco do motorista e rodas de aço com aros de 14”.

Ka SE

+Hatch 1.0: R$ 45.990
+Hatch 1.5 MT: R$ 51.990
+Hatch 1.5 AT: R$ 56.490

+Sedan 1.0: R$ 49.490
+Sedan 1.5 MT: R$ 55.490
+Sedan 1.5 AT: R$ 59.990

Equipamentos principais: sistema de som MyConnection, suporte para celular e maçanetas e retrovisores na cor da carroceria.

Ka SE Plus

+Hatch 1.0: R$ 48.490
+Hatch 1.5 MT: R$ 54.490
+Hatch 1.5 AT: R$ 58.990

+Sedan 1.0: R$ 51.990
+Sedan 1.5 MT: R$ 57.990
+Sedan 1.5 AT: R$ 62.490

Equipamentos principais: central Sync 3 com tela de 6,5” “flutuante”, duas entradas para carregamento com iluminação, sensor de obstáculos traseiros, vidros de trás e retrovisores elétricos, rodas de aço com aros de 15” e calotas integradas e faróis de neblina.

Ka FreeStyle

+Hatch 1.5 MT: R$ 63.490
+Hatch 1.5 AT: R$ 67.990

Equipamentos principais: airbags laterais e do tipo cortina, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas, câmera de ré, bancos parcialmente de couro, repetidores de setas integrados aos retrovisores, suspensão elevada, rack no teto, pacote de aparência da versão e rodas de liga leve com aros de 15”.

Ka Titanium

+Hatch 1.5 AT: R$ 68.990

+Sedan 1.5 AT: R$ 70.990

Equipamentos principais: partida sem chave e revestimento dos bancos de couro -- não tem suspensão elevada, rack nem o pacote de aparência.

Divulgação
Assim como no hatch, mudanças estéticas do sedã se limitam basicamente a recortes internos dos para-choques Imagem: Divulgação

O que muda

No estilo, o Ka 2019 ganhou novo para-choque estrutural na cor preto fosco, que empresta robustez e faz o compacto parecer mais largo - - mas a largura continua em 1,69 m. A peça ajuda na aerodinâmica e melhora o fluxo de ar pelas caixas de roda e nas laterais. Mesma função tem as lanternas traseiras, que receberam uma pequena saliência.

No assoalho, um defletor foi instalado para reforçar a busca pelo melhor coeficiente de arrasto do Ka, que baixou de Cx 0,34 para Cx 0,33. Já grade frontal foi mudada e agora diferencia as configurações hatch (do tipo colmeia) e sedã (com barras horizontais).

O carro também recebeu novos reforços estruturais e aplicação de aços de ultra-resistência na carroceria, com promessa de melhora de 5% na rigidez do hatch e de 9%, no sedã. A direção com assistência elétrica e a suspensão também foram recalibradas, com o jogo McPherson na dianteira com amortecedores hidráulicos.

As versões mais potentes trocaram o 1.5 16v de 110/105 cv Sigma pelo 1.5 12v Ti-VCT de três cilindros, 128/136 cv (gasolina/etanol) e torque de 15,3 kgfm disponíveis a 3.000 rpm (etanol) ou a 3.600 rpm (gasolina). O motor produzido em Taubaté (SP) tem variação nos comandos de válvulas na admissão e no escape e bomba de óleo variável.

Já o 1.0 tricilíndrico da mesma família recebeu melhorias. Ganhou coletor de escape integrado ao cabeçote, correia banhada a óleo e sistema Easy Start que dispensa o tanquinho de gasolina. A potência se mantém em 85 e 80 cv. A boa nova no conjunto é o câmbio manual de cinco marchas MX65. Segundo a Ford, é 35 kg mais leve, usa menos óleo e tem sincronização dupla da primeira à terceira.

Baseado nas demandas das pesquisas de mercado, a Ford disse ter focado em três pilares principais para essa renovação do Ka: câmbio automático, conectividade e apelo off-road (já resolvido com a configuração FreeStyle). Por esta razão, a nova transmissão de seis marchas 6F15 estreia no Ka, com conversor de torque integrado e que não necessita de troca de óleo até 240 mil km.

Ao mesmo tempo, os padrões de acabamento e de equipamentos no interior variam conforme as versões. A base da linha agora é o Ka hatch na S 1.0 por R$ 45.490 (R$ 710 mais caro que a linha 2018), que oferece apenas o básico para se sobreviver no trânsito. Ar-condicionado, computador de bordo, Isofix, vidros dianteiros e travas elétricos, banco traseiro bipartido e ajuste de altura do assento do motorista. As rodas de aço têm aro 14.

Segundo a fabricante, o motor 1.0 possui as seguintes medições de consumo no programa de etiquetagem veicular do Inmetro: 9,2/13,4 km/l na cidade e 10,7/15,5 km/l na estrada, sempre respectivamente com etanol/gasolina. Já o 1.5 alcança 8,4/12,9 km/l (cidade) e 10,3/14,8 (estrada) com câmbio manual, sendo 7,8/11 km/l (cidade) e 10,1/14,2 km/l (estrada) quando acoplado a caixa automática.

UOL Carros já andou com as versões "civis" do Ford Ka 2019 hatch e publica nesta quarta-feira (25) suas impressões.

Mais Testes e lançamentos