Topo

Testes e lançamentos

Fiat promete 15 novos carros no Brasil em 5 anos; Jeep e RAM terão 10

Reprodução
Antonio Filosa, chefão da Fiat latino-americana: por aqui, Fiat segue firme e forte Imagem: Reprodução

Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo

25/06/2018 14h12

Investimentos serão de R$ 9 bilhões para Fiat e R$ 5 bilhões para Jeep e Ram

O grupo FCA (Fiat Chrysler Automobile) parece ter acordado para a movimentação da concorrência e resolveu intensificar sua ofensiva para continuar brigando pela liderança do mercado brasileiro. Nesta segunda-feira (25) o presidente da companhia para a América Latina, Antonio Filosa, confirmou 25 lançamentos de três marcas no país nos próximos cinco anos.

Diferentemente da estratégia para o restante do mundo, onde vai encolher para manter números positivos, na América Latina a Fiat continuará a ser a marca de volume, sendo responsável por 15 desses produtos. Confirma-se também a chegada da picape Ram média ao país, compartilhando com a Jeep outros 10 lançamentos.

Veja mais

Fiat estreia motor turboflex com SUV do Argo em 2020
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Dinheirama para crescer

Filosa informou que serão investidos R$ 14 bilhões para a renovação das gamas, a serem distribuídos no desenvolvimento dos veículos, na nacionalização dos motores Firefly turbo e também em novas soluções de conectividade. A Fiat absorverá sozinha R$ 9 bilhões deste total. Os outros R$ 5 bilhões serão divididos entre Jeep e Ram -- a marca de utilitários finalmente confirmou o lançamento de uma picape de uma tonelada no país, projeto já antecipado por UOL Carros, e até estuda a fabricação local do produto.

"Nosso objetivo é crescer 5% ao ano em faturamento nesse período. Para isso vamos ampliar a cobertura da marca Fiat, consolidar a marca Jeep e lançar [com fabricação local] a marca Ram aos consumidores”, afirmou o executivo.

Sem detalhar prazos, Filosa confirmou que entre os 15 novos Fiat a serem lançados estarão três SUVs e pelo menos uma picape inédita.

"Teremos um utilitário de entrada, um familiar e outro para famílias maiores, de sete lugares”. Para a Jeep está confirmado um SUV premium de porte maior, já noticiado por UOL Carros: será o Compass de sete lugares, que também terá configuração com o logotipo da Fiat.

Sobre a Ram, Filosa confirmou os planos de nacionalizar uma picape de uma tonelada entre 2021 e 22, mas afirmou que a empresa ainda estuda a viabilidade do projeto como produto local ou se será melhor trazê-lo importado (provavelmente da Argentina). Antes disso, porém, o grupo deve lançar via México a 1500 já no ano que vem.

O que vem

Com os anúncios, ainda que o executivo desconverse, é certo que as marcas Chrysler e Dodge devem ser descontinuadas em nosso mercado pela simples falta de produtos. Confira abaixo a lista de modelos que UOL Carros considera como certos para os próximos cinco anos:

+ Fiat:
2018/19: Argo aventureiro, com apliques e altura elevada do solo (Betim)
2019: nova geração do 500 (importado)
2019: facelift da Toro (Goiana)
2019/20: nova geração da Strada, com base do Argo (Betim)
2020: nova geração do Uno, com plataforma do Argo.
2020: possível estreia do motor 1.0 turbo (Betim)
2020: SUV compacto com plataforma do Argo.
2020: estreia do motor 1.3 turbo (Betim)
2020/21: versão Fiat do Jeep Compass de sete lugares (Betim)
2021: facelift do Mobi (Betim)
2021: "mini-SUV" baseado no Mobi renovado (Betim)

+ Jeep:
2018: facelift do Jeep  Renegade (Goiana)
2019: facelift do Cherokee (importado)
2020/21: Jeep  Compass de sete lugares (Goiana)
2021/22: mini-SUV (importado ou Betim)

+ Ram:
2019/20: lançamento da 1500 (importada do México)
2021/22: picape para uma tonelada com porte de Hilux e S10 (local a definir)

Mais Testes e lançamentos