Topo

Testes e lançamentos

Novo Volkswagen Tiguan vira SUV médio cheio de tecnologia; saiba como anda

Benê Gomes

Do Auto+, em São Paulo (SP)

14/04/2018 13h31

Foram cinco SUVs prometidos pela Volkswagen do Brasil para os próximos anos. O primeiro acaba de ser apresentado: em segunda geração, o Tiguan deixou para trás as medidas de compacto e a origem alemã para se tornar um bonito SUV médio mexicano, capaz de levar até sete pessoas nas configurações mais equipadas. Os preços variam de R$ 125 mil a R$ 180 mil. Mas como o novo SUV se porta?

Veja mais

Na China, VW mostra novo Touareg, que só virá ao Brasil sob encomenda
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Por dentro do novo Tiguan

Usando a base MQB, o novo Tiguan recebeu muitos recursos tecnológicos, ficou bastante seguro e também potente, graças aos dois motores turbo de injeção direta disponíveis para suas três versões de acabamento: o 1.4 flex de 150 cavalos e 25,5 kgfm com câmbio DSG de seis marchas (Allspace e Allspace Comfortline), além do 2.0 a gasolina de 220  cv e 35,7 kgfm com DSG de sete marchas e tração integral (R-line). O espaço interno também foi aprimorado.

Em qualquer uma das três versões ofertadas (Allspace de cinco lugares; Allspace Comfortline de sete lugares; e Allspace R-Line, também de sete lugares e todos os equipamentos possíveis), são 2,79 metros de espaço entre-eixos. Além do bom espaço para cinco pessoas, a configuração inicial tem 685 litros de capacidade no porta-malas, capacidade que impressiona. Com bancos rebatidos, chega-se a 1.761 litros para bagagens.

Nas versões com sete lugares, o bagageiro comporta apenas 216 litros. Claro, os bancos da última fileira não servem para adultos, pelo menos não em viagens grandes, sendo mais adequados a crianças. Ainda assim, ou por isso mesmo, temos vocação familiar na totalidade.  

Voltando às versões de entrada e intermediária, não se encontra o painel de instrumentos digital. Ainda assim, o nível é bom, com visual interno interessante, bom acabamento e itens conhecidos do Golf, como a boa central multimídia que pode ser integrada a smartphones Apple e Android. E mesmo estas versões já contam com seis airbags de série, além de controles de tração, estabilidade e sensores de estacionamento, sensor de chuva, freio de estacionamento elétrico e ar-condicionado de três zonas. Na versão mais cara, tração integral com quatro modos de condução e diferencial com bloqueio eletrônico completam o pacote junto a faróis de facho automáticos, ACC, detector de pedestres e assistente de estacionamento.

Será um começo à altura para os novos planos da Volkswagen? Deixe suas impressões no campo de comentários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos