Topo

Seu Automóvel

Terceiro carro mais vendido do Brasil, Ford Ka zera nota em novo crash test

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/10/2017 14h48

Em nova rodada de testes de impacto realizada pelo Latin NCAP, órgão de segurança viária responsável por avaliar veículos comercializados na América Latina, incluindo o Brasil, o Ford Ka, terceiro carro mais vendido do país, recebeu nota zero na proteção para adultos e três na proteção para crianças.

Em avaliação anterior, realizada em 2015 pela mesma entidade, o hatch da Ford teve resultado melhor, com quatro estrelas para adultos e as mesmas três para crianças.

A explicação para o rebaixamento na nota está relacionada aos critérios mais rigorosos adotados nos testes do Latin NCAP desde 2016, quando incluiu na programação avaliação de impacto lateral, colidindo o veículo contra uma barreira para simular uma batida de forma lateral contra outro carro e também passou a avaliar a eficiência dos controles de tração e estabilidade, quando disponíveis.

Lateral frágil

O Ka zerou a nota para adultos justamente no impacto lateral, segundo o órgão, por "mostrar altos níveis de lesões no peito do ocupante adulto, penetração profunda do pilar B no habitáculo e abertura da porta". A entidade afirma que o modelo não dispõe de dispositivos para absorção da energia na estrutura nem no painel das portas, o que explicaria o mau desempenho. Com isso, o veículo seria reprovado segundo a norma UN95 das Nações Unidas.

Quanto à proteção para crianças, a avaliação foi considerada "aceitável", mas nem o sistema Isofix do carro escapou das críticas: o Latin NCAP afirma que a sinalização dos ganchos é "deficiente". Além disso, o compacto também perdeu pontos por não permitir o desligamento do airbag frontal do passageiro para a instalação de cadeirinha no banco da frente, voltada para trás.

O modelo foi testado em sua versão básica, que traz os dois airbags frontais obrigatórios, mas não conta com controles de tração e estabilidade, disponíveis exclusivamente nas versões mais caras. O resultado também e válido para o Figo/Aspire comercializado no México, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua e Panamá -- por isso o nome Figo no vídeo divulgado pelo Latin NCAP.

 

Mais Seu Automóvel