Testes e lançamentos

Fábrica de R$ 1 bilhão vai fazer motores do novo Corolla no Brasil; assista

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

Ativada em junho deste ano (reveja aqui), a fábrica de motores da Toyota em Porto Feliz (a 115 quilômetros da cidade de São Paulo), que tem investimento de R$ 1,18 bilhão para ser uma das mais modernas da marca em todo mundo, entra em sua segunda fase: ela prevê a entrega de motores do novo Corolla a partir de 2019.

Tudo começou há cinco meses com a produção dos motores 1.3 e 1.5 Dual VVTi Flex do compacto Etios, hatch sedã. Além da produção nacional, equipam os carros exportados para Argentina, Uruguai, Paraguai e Peru.

Agora, foi confirmada a produção brasileira de motores do Corolla para 2019, conforme UOL Carros havia apontado. Modelo mais vendido do segmento de sedãs médios, o Corolla estará em plena fase de mudança de geração em três anos.

Divulgação
Antes da nova geração, Corolla terá atualização já em 2017 Imagem: Divulgação

Historicamente, os motores principais do sedã sempre foram importados do Japão. Para mudar isso, houve aporte de R$ 600 milhões (já contabilizados dentro do investimento bilionário). O novo carro deve contar com uma plataforma totalmente nova, a TNGA (uma arquitetura multi-uso global), já encontrada no híbrido Prius e no crossover C-HR.

Com a expansão, o total de propulsores fabricados no Brasil pela Toyota vai saltar de 108 mil a 174 mil anuais, sendo 66 mil unidades do componente do Corolla ao ano. Haverá também o uso da mão-de-obra de mais 200 trabalhadores, além dos 320 iniciais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo