Topo

Salão de São Paulo

Fiat dá novo motor ao Mobi e projeta crescimento do mercado em 2017

André Deliberato/UOL
Versão Drive incorpora à linha do Fiat Mobi opção de motor 1.0 com três cilindros Imagem: André Deliberato/UOL

Alessandro Reis<br>André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

08/11/2016 12h36

Compacto ganha motor 1.0 de três cilindros em nova configuração; marca também mostra versão especial da Toro e conversível 124 Spider

A Fiat revela nesta terça-feira (8) uma nova configuração do subcompacto Mobi, chamada Drive, que se integra à gama do modelo e faz a estreia do motor 1.0 Firefly de três cilindros, inaugurado em setembro pelo Uno.

Segundo executivos da marca, o novo propulsor será introduzido aos poucos na linha, que seguirá com os motores 1.0 Fire flex de quatro cilindros nas outras versões.

"O Mobi equipado com o motor 1.0 Firefly é seguramente o carro mais econômico da América Latina", garante Carlos Eugênio Dutra, diretor de gestão da Fiat para a América Latina. "Inovação e tecnologia sempre são bem-vindos. Quem comprou o Mobi com o 1.0 de quatro cilindros não sai prejudicado, porque esse carro continua sendo oferecido. Aconteceu o mesmo com a Toro, que está ganhando o motor 2.4 Tigershark, mas continua disponível com o 1.8 flex", completa.

A marca ainda revelou uma prova de consumo feita com jornalistas em que o Mobi drive foi capaz de registrar mais de 27 km/l no consumo rodoviário, número que poderia fazer a autonomia ultrapassar o 1.000 quilômetros.

André Deliberato/UOL
Fiat Toro Blackjack é versão especial da picape com motor 2.4 Tigershark e adereços escurecidos Imagem: André Deliberato/UOL

Toro especial e 124

Além da gama completa de modelos, a montadora também expõe em seu espaço uma versão especial da Toro, chamada de Blackjack, já equipada com o motor 2.4 Tigershark incorporado à linha da picape na última semana, com adereços escurecidos, como rodas, logotipos e acabamento interno e externo.

Outra novidade é a primeira aparição no Brasil do esportivo conversível 124 Spider, que UOL Carros conheceu alguns meses atrás. É este carro, aliás, que "recebe o público" -- ele é o primeiro modelo possível de encontrar no estande, que fica na entrada do pavilhão, logo após as catracas para o público.

André Deliberato/UOL
Fiat também apresenta o conversível e divertido 124 Spider no Salão de São Paulo 2016 Imagem: André Deliberato/UOL

E a crise?


UOL Carros aproveitou o momento para saber o que a Fiat espera para 2017. Carlos Eugênio Dutra, em papo com nossa reportagem, projeta crescimento do setor na faixa dos 5%, ou até mais, no ano que vem e "outro astral" no Salão do Automóvel de 2018. "Há algum tempo, o Brasil era um mercado extremamente promissor, com taxa de crescimento na casa dos 15% ao ano. Ainda é, apesar da queda inesperada. O Brasil ainda é um dos maiores mercados do mundo, pois todo mundo que pretendia investir veio para cá", conta.

Para justificar a confiança na recuperação do setor, Dutra se baseia na elevação nos índices de confiança, mesmo ainda sem um sinal positivo sólido da macroeconomia.
 

Conheça detalhes do 124 Spider

UOL Carros

Mais Salão de São Paulo