Carros

Chery QQ nacional chega para ser único carro abaixo de R$ 30 mil

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/10/2016 18h26

A Chery anunciou nesta terça-feira (18) o início das vendas do QQ fabricado no Brasil. Trata-se do segundo modelo a sair da linha de montagem da empresa no complexo de Jacareí, no interior de São Paulo (o primeiro foi o Celer).

Até então, o "New QQ", como é chamada a nova geração do carrinho pela montadora, era trazido por meio de lotes diretamente da China.

O subcompacto já pode ser encontrado nas concessionárias a partir desta semana, pelos mesmos preços do QQ importado. São valores que, embora não tenham caído por conta da nacionalização, fazem do QQ o único carro vendido atualmente por menos de R$ 30 mil.

O Fiat Palio Fire, que seria rival direto por conta de preço, está em fase derradeira (vendas apenas para frotistas) e mesmo assim custa R$ 50 a mais (R$ 30.040).

Outro Fiat, o Mobi, parte de R$ 32.380, com motor 1.0 flex de 75 cv (etanol). Já o Volkswagen up! começa em R$ 34.430, com 1.0 de 82 cv.

Estes são os preços: 

+ QQ Look: R$ 29.990
+ QQ ACT: R$
31.990

Divulgação
Não há diferenças de desenho no QQ nacional; motor 1.0 também é o mesmo Imagem: Divulgação

A configuração de entrada oferece ar-condicionado; direção hidráulica; vidros elétricos dianteiros; sistema de som com rádio AM/FM, reprodutor de MP3, entrada USB e dois alto-falantes; DRL (Day Running Lights), trava central nas chaves, rodas de aço (com calotas aro 14) e os obrigatórios freios com ABS (antitravamento) com EBD (distribuidor da força de frenagem) e airbag duplo.

Já a versão ACT agrega rodas de liga leve (também de 14 polegadas), vidros elétricos traseiros, retrovisores externos com ajuste elétrico, limpador e desembaçador traseiro e quatro alto falantes ao sistema de som.

Além do selo nota A do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro, o QQ é o primeiro carro de fabricante chinesa a figurar no ranking Car Group do Cesvi, que lista os modelos com os melhores índices de reparabilidade.

Pouco muda

Não há diferenças estéticas entre o carro chinês e o nacional. O motor também segue o mesmo: 1.0 Acteco de três cilindros e injeção direta (só a gasolina), com 69 cavalos e 8,5 kgfm de torque. O câmbio é manual de cinco marchas.

Mas de acordo com a Chery há algumas mudanças no isolamento acústico que melhoraram o nível de ruído interno. São seis cores disponíveis (preto, branco, vermelho, prata, marrom e azul) e três anos de garantia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo