Carros

Toyota Corolla híbrido chinês dá pistas sobre futuro do nosso sedã

Leonardo Felix/UOL
Assim como já ocorre com derivação Hybrid na China, Corolla brasileiro ganhará um quê de Prius e C-HR no visual dianteiro a partir de 2017 Imagem: Leonardo Felix/UOL

Leonardo Felix

Do UOL, em Pequim (China)

27/04/2016 16h22

O visual não será exatamente este. Mas as várias unidades do Corolla Hybrid expostas no Salão de Pequim 2016 servem a um propósito: fazer com que nos acostumemos à linha estética que o sedã adotará no Brasil, em meados de 2017, conforme já antecipado por UOL Carros.

Divulgação
Resultado final da reestilização para o três-volumes produzido nacionalmente deve ser esse: faróis invadindo parte dianteira, grade mais afilada e para-choque redesenhado Imagem: Divulgação
A configuração híbrida já traz a pitada futurística que as versões "civis" vão tentar incorporar tanto em nosso mercado quanto na Europa. A inspiração virá dos mais modernos produtos anunciados pela fabricante japonesa: a segunda geração do Prius e o inédito suvinho C-HR.

Grade dianteira ressaltada por um grosso filete cromado no topo, integrado aos faróis em forma de delta, é uma das modificações previstas.

No entanto, o Corolla brasileiro reestilizado deverá contar com conjunto óptico ainda mais invasivo, estreitando a grade. Outras diferenças estarão na entrada de ar superior mais larga e nos arranjos do para-choque, estes dotados de linhas mais conservadoras nas divisórias e luzes de neblina.

Leonardo Felix/UOL
Traseira do Corolla Hybrid chinês não muda em relação às versões convencionais; facelift do sedã brasileiro deve seguir tendência Imagem: Leonardo Felix/UOL

Enfim estabilidade

Internamente a derivação Hybrid não difere muito: há apenas manopla de câmbio menor e mais descolada, ressaltando a proposta ecológica do modelo, e acabamento em tons exagerados para agradar ao extravagante público chinês.

Atrás do volante, no canto inferior esquerdo, há uma variedade de botões à qual o brasileiro terá de se acostumar -- ali consta o comando para o controle eletrônico de estabilidade, que enfim chegará à linha do Corolla nacional junto com o facelift.

Na Europa, cuja estreia da reestilização será no segundo semestre deste ano, o Corolla ainda vai ganhar rodas de liga leve com 17 polegadas e componentes de segurança como sistema de frenagem emergencial, assistente de manutenção de faixa e acendimento automático de luz alta.

Não há confirmação sobre se esses itens estarão no carro brasileiro, mas seria uma boa renovação de conteúdo para encarar a nova geração do Honda Civic.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo