Topo

Carros

Alemã exige indenização da Volks e dinheiro do seu carro de volta

Julian Stratenschulte/AP
Motorista afirma que se sente enganada por ter comprado carro da linha "Bluemotion" Imagem: Julian Stratenschulte/AP

Da EFE, em Berlim (Alemanha)

07/10/2015 16h34

Uma motorista alemã abriu um processo em que pede indenização da Volkswagen e o dinheiro pago por seu carro de volta, por causa do escândalo de manipulação das emissões poluentes nos motores à diesel da montadora.

O tribunal de Braunschweig, no norte da Alemanha, informou nesta quarta-feira (7) sobre a ação, aberta pela mulher que adquiriu um modelo da linha BlueMotion (de carros mais eficientes da marca) por "razões ecológicas". Segundo o advogado, ela escolheu o modelo "verde", apesar de mais caro, justamente por considerar que ele provocava menos danos ao ambiente.

"Agora ela se sente frustrada e decepcionada", argumenta. "Continuar a conduzir um automóvel que provoca mais emissões do que as declaradas pela marca não é aceitável", acrescentou seu representante legal.

Ações em queda

Na última semana um investidor alemão abriu um processo para cancelar a compra de ações da marca realizada há alguns meses. Nesta quarta (7) termina o prazo dado pelas autoridades alemãs para a empresa apresentar um calendário de solução das manipulações realizadas em 2,8 milhões de veículos na Alemanha, 11 milhões em todo o mundo.

O novo presidente da VW, Matthias Müller, em entrevista publicada pelo jornal "Frankfurter Allgemeine Zeitung", afirmou que em janeiro começarão os consertos dos veículos com motores à diesel manipulados, operação que espera que seja terminada no final de 2016. O executivo também anunciou que o grupo deverá tomar medidas dolorosas e revisará seu plano de investimentos para lidar com as consequências financeiras do escândalo.

Mais Carros