Carros

Honda Civic EXR, R$ 88.400, volta à vida para deter Corolla nas vendas

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

12/02/2015 12h43

Quando a reestilização do Honda Civic foi apresentada, em junho do ano passado, duas ausências chamaram a atenção: a da versão de topo, a EXR, e a de itens de segurança como controles de estabilidade e tração.

Nesta quinta-feira (12), a montadora lançou a linha 2016 do sedã e completou o que estava em falta. Após alguns meses sabáticos, o Civic EXR enfim volta à gama, por R$ 88.400, já trazendo visual e itens de série da versão LXR, já avaliada por UOL Carros. Ela acrescenta airbags laterais e de cortina, teto solar, maçanetas cromadas e novo sistema multimídia com monitor escamoteável de sete polegadas.

Esta central possui câmera de ré, navegador GPS integrado e permite acesso sem fio (Wi-Fi) à internet, além de conexão Bluetooth e entrada HDMI para reprodução de áudio, vídeo e imagens por meio de notebooks, celulares e câmeras digitais.

Já o Civic LXR teve o preço ajustado a R$ 78.400, e ganhou os tão reclamados controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas e direção elétrica adaptativa (itens também presentes na EXR). Ambas versões são equipadas com o motor 2.0 i-VTEC FlexOne, de 155/150 cv (etanol/gasolina), câmbio automático de cinco marchas -- com aletas para troca atrás do volante --, e rodas de liga leve com aro de 17 polegadas.

Divulgação
Civic 2016 ganhou controles de estabilidade e tração, assistente de subida em rampa e direção elétrica adaptativa nas versões LXR e EXR; só a segunda tem sistema multimídia com tela escamoteável de 7 polegadas Imagem: Divulgação
Por fim, as versões LXS M/T (R$ 70.900, com transmissão mecânica de seis velocidades) e LXS A/T (R$ 73.900, com mesmo câmbio das versões superiores, porém sem borboletas no volante) mantêm os mesmos pacotes da linha 2015 -- e o padrão estético da linha 2014.

COROLLA NA MIRA
Apesar dos reajustes de mais de R$ 2.500 nos preços (maquiados pela inclusão de alguns itens na versão LXR, porém explicados basicamente pela volta do IPI cheio), o sedã médio da Honda ficou mais atraente -- em preço e equipamentos -- em relação ao principal rival e líder do segmento, Toyota Corolla.

Se comparadas só as versões intermediárias e de topo (as que mais vendem), os preços do Civic ficam de R$ 5 a R$ 9 mil mais baratos que os do rival -- R$ 83.730 (Corolla XEi CVT) e R$ 96.330 (Corolla Altis CVT) --, sendo que a lista dos equipamentos (especialmente itens de segurança) está sensivelmente mais completa.

Esta parece ser a única tática viável para amenizar a lavada que o Corolla vem aplicando no Civic: nos últimos relatórios mensais da Fenabrave (federação das concessionárias), o modelo da Honda tem registrado pelo menos 30% menos emplacamentos que o sedã da Toyota, chegando ao pico de 43% de déficit em dezembro do ano passado (4.262 contra 7.587 unidades).

Portanto, não se surpreenda se a etiqueta com o valor do veículo sofrer reajuste periódicos nos próximos meses, tão logo a linha 2016 (e o incremento da versão EXR) recoloque o Civic em patamares próximos aos do Corolla em vendas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo