Carros

Chevrolet Onix segue mal em segurança; cópia chinesa do Mini dá vexame

Reprodução
Já testado em agosto, Onix repetiu desempenho de 3 estrelas na proteção para adultos Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/12/2014 13h22

Quarto carro mais vendido do Brasil em 2014 (no acumulado de janeiro a novembro), o Chevrolet Onix continua a dever no quesito segurança. Nesta quinta-feira (4), o Latin NCAP (Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina) divulgou os resultados de uma nova bateria de testes, realizada em novembro, e mostrou que o compacto da GM não apresentou melhora significativa, mantendo a avaliação de três e duas estrelas (de um total de cinco), respectivamente na proteção para adultos e crianças.

Avaliado em agosto deste ano, o modelo passou por revisão do teste porque a montadora corrigiu o sistema de alerta de fixação do cinto do motorista, que não seguia os padrões da entidade

Mesmo com a atualização, o hatch melhorou só cinco décimos em relação ao teste anterior na proteção para os passageiros da frente, indo de 10,17 para 10,67 pontos (de 17 possíveis). Atrás, o Latin NCAP rebaixou a nota do Onix de 20,14 para 18,58 (de 49 pontos possíveis), devido a uma falha no encaixe da cadeirinha voltada a crianças entre 15 e 36 quilos.

O Latin NCAP também alertou que a GM não faz qualquer tipo de advertência para os riscos de instalar cadeirinhas no assento dianteiro direito, já que não é possível desligar o airbag frontal daquele lado. Relembre o vídeo da avaliação:

Na última semana, o Onix foi eleito o veículo que menos desvaloriza após um ano de uso. Clique aqui para acessar o resultado completo.

LIFAN 320 ZERA
Vendido no Brasil entre 2009 e 2012, o Lifan 320 deu vexame na avaliação. Testado sem airbags (como ainda é comercializado em países como o Peru), o compacto chinês conhecido por imitar os traços da geração anterior do Mini Cooper ficou sem qualquer estrela na proteção para adultos e crianças.

Na proteção para passageiros que vão à frente, o 320 conseguiu zero de 17 pontos possíveis; no caso dos que vão atrás, somou apenas 4,72 de  um total de 49. 

Divulgação
Habitáculo se deforma com impacto e 320 tira zero na proteção para adultos Imagem: Divulgação
Além da ausência de bolsas infláveis para evitar o contato dos ocupantes com volante e painel, a célula de sobrevivência não resistiu à força do impacto e se deformou completamente na coluna A. Um dos únicos itens que renderam pontos ao hatch foi a proteção para crianças de até 18 meses, considerada "adequada". De qualquer forma, o modelo apresentou falha na hora de conectar todas as seis cadeirinhas que o órgão usou na avaliação.

Clique aqui para acessar o resultado completo e veja o vídeo da avaliação:

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo