Carros

Volkswagen up! parte de R$ 26.900 com duas portas; R$ 28.900 com quatro

Claudio Luís de Souza
Murilo Góes

Do UOL, em Gramado (RS)

04/02/2014 21h46Atualizada em 04/02/2014 22h37

A Volkswagen divulgou na noite desta terça-feira (4), em Gramado (RS), parte dos preços oficiais da gama do up!, subcompacto global que é seu lançamento mais importante desde o Gol, em 1980. A versão de entrada, a take up!, com pacote de equipamentos bem básico (sem ar-condicionado e direção assistida), parte de R$ 26.900 com carroceria de duas portas. Com quatro, sai por R$ 28.900.

As concessionárias começam a receber imediatamente os up! de quatro portas; ainda não foi anunciada a data para a chegada dos duas-portas, nem se haverá essa carroceria mais simples nas versões superiores do modelo. Os demais preços da gama devem ser anunciados nesta quarta-feira (5).

  • Murilo Góes/UOL

    O up! só quer se divertir: VW exibe o carro no RS ao som de cover de Cindy Lauper

O título de carro zero mais barato à venda no Brasil continua, portanto, com o Fiat Palio Fire 2014, oferecido a R$ 23.990. 

Pequenino (são apenas 3,6 metros), mas valente nas intenções, o up! chega para ajudar a Volkswagen na briga pelo primeiro lugar em vendas de carros novos no país, hoje detido pela Fiat. Para isso, e ao menos em termos de posicionamento no mercado, ele tentará cumprir o papel de "Fusquinha do século 21", embora seja muito mais sofisticado e seguro que o finado "Besouro" (e, possivelmente, mais caro do que o Fusquinha seria hoje).

O up! entra na base da pirâmide de modelos da Volks, substituindo o Gol G4 como carro de entrada (acima dele vêm Gol/Voyage/Saveiro, Fox, Polo, Golf/Jetta, Beetle, Tiguan, Passat e Touareg, por ordem crescente de preço). Sua fabricação acontece em Taubaté (SP), unidade da empresa alemã que recebeu R$ 1,2 bilhão de investimento (dado oficial) para acomodar a linha do up! 

  • Murilo Góes/UOL

    Volks quer que rivais vejam o up! apenas por este ângulo; na foto, a versão top red up!

Veja a seguir o conteúdo de cada versão do up! (são quatro, sendo que a topo de gama subdivide-se em três, de acordo com a cor da carroceria):

PREÇO: R$ 26.900 (duas portas) e R$ 28.900 (quatro portas)
+ Principais equipamentos: há os obrigatórios freios ABS/EBD e airbags frontais; limpador e desembaçador traseiro; dupla fixação de cadeirinhas infantis com Isofix e trava superior; cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador; regulagem de altura do banco do motorista. As rodas são de aço, com calotas, na medida 13.
+ Opcionais: aquecimento; ar-condicionado; direção elétrica; sistema de som; rodas aro 14; vidros elétricos dianteiros; trava elétrica; prateleira divisória no porta-malas.

+ Principais equipamentos: além do que vem no take up!, há computador de bordo com dez funções; prateleira divisória no porta-malas; preparação para som; relógio digital e marcador de temperatura externa; abertura elétrica do porta-malas. As rodas são de aço, aro 14, com calota e pneus "verdes" (baixa resistência à rodagem).
+ Opcionais: aquecimento; ar; direção elétrica; sensor de estacionamento traseiro; faróis e lanterna de neblina; bancos em couro sintético; kit para o navegador multimídia Maps & more.

+ Principais equipamentos: direção elétrica; sensor de estacionamento traseiro; vidros elétricos dianteiros; faróis escurecidos; faróis e lanterna de neblina; painel frontal colorido; chave tipo canivete; rodas de liga aro 15.
+ Opcionais: Aquecimento; ar-condicionado; bancos em couro sintético; sistema de som; alto-falantes; Maps & more.

white, red e black up!

  • Murilo Góes/UOL

+ Principais equipamentos: Faz a soma de todas as outras versões (as rodas são de liga e aro 15, mas com inserto central na cor do carro e padrão diferente das usadas na high up!), acrescenta sistema de som com Bluetooth e entradas AUX e USB e ainda inclui bossas como soleira das portas dianteiras em alumínio.
+ Opcionais: bancos em couro sintético e o Maps & more.

QUE CARRINHO É ESSE?
UOL Carros
teve um primeiro contato com o up! em sessão exclusiva para sites automotivos. Nesta quarta-feira (5) há extenso test-drive com o modelo e produção de fotos exclusivas. Impressões ao dirigir e álbum serão publicados em seguida, bem como o restante da tabela de preços.

ops!

  • Reprodução

    Após 16.393 votos, 39,28% do leitores de UOL Carros acharam o up! "sem graça".

Por ora, vale reafirmar que up! obteve nota máxima (cinco estrelas) nos testes de segurança do Latin NCAP; mostrou gerar o menor custo de reparação em caso de acidente, segundo o CAR Group 2014 do Cesvi; e cravou boa nota de consumo em sua categoria, de acordo com medição do Inmetro. O motor para todas as versões do up! é o moderno 1.0 de três cilindros, 12 válvulas, flexível, utilizado na gama BlueMotion desde 2013; ele produz 82 cavalos de potência quando abastecido com etanol (75 cv com gasolina).

O up! foi exibido como conceito em 2007, no Salão de Frankfurt, e ganhou versão de produção na Europa em 2010. Segundo dados da própria Volks, a comercialização dele em cerca de 50 países rendeu, desde então, 250 mil emplacamentos. No Brasil, a meta é vender entre 100 mil e 120 mil carros por ano. Seremos o maior mercado do carrinho.

Desenhado pelo brasileiro Marco Antonio Pavone, baseado na Volkswagen europeia, o up! mal chega, e já ganha um forte concorrente -- e também com assinatura nacional: o novo Ford Ka deve chegar às lojas em abril, primeiramente como hatchback, depois como sedã (opção de carroceria que o up! possivelmente jamais terá). Com cerca de 4 metros de comprimento, o Ka é maior que o up!, mas -- assim como o Fiat Uno, outro que é um pouco maior que o novato da Volks -- possivelmente brigará na mesma faixa de preços.

História da Volkswagen no Brasil

  • Reprodução

    Clique na foto e veja a linha do tempo da marca no país, de 1953 aos dias atuais.

Outros rivais do up! serão o renovado Nissan March, nacional, além das versões de entrada do Hyundai HB20 e do que resta do antiquado Chevrolet Celta. Um adversário já meio distante é o Kia Picanto (que, por sinal, tem o mesmo tamanho e motor 3-cilindros). 

Em 2013, a Volkswagen foi a vice-líder de mercado no país, com 96.243 carros e utilitários a menos que a Fiat, e meros 16.981 a mais que a terceira colocada, a General Motors/Chevrolet.

Viagem a convite da Volkswagen

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo