Carros

BMW define preço do elétrico i3 nos EUA em quase R$ 95 mil

Fernando Calmon

Colunista do UOL, em Nova York (EUA)

BMW anunciou agora, na manhã desta segunda-feira (22), o preço do seu primeiro carro elétrico, o i3, da submarca "i" -- assim, em minúsculas: nos EUA, com frete, US$ 42.275 -- equivalente a R$ 94.640 diretos. Esse valor não inclui incentivos, que nos EUA podem chegar a U$ 7.500. Preço, portanto, razoável para os avanços que o modelo oferece.

Como referência, o híbrido plugável Chevrolet Volt (releia aqui reportagem premiada de UOL Carros sobre o modelo) tem preço em torno de US$ 41.000 (pouco mais de R$ 91.700, também apenas na conversão direta, sem impostos e outras composições de valor), com frete.

MATRIZ ELÉTRICA
Os primeiros esboços do i3 surgiram há três anos, na Alemanha. Trata-se de um dos primeiros carros efetivamente projetados como elétricos (como o antigo EV1, da GM, que não vingou, entre 1996 e 1999).

Exemplos anteriores ao BMW são o americano Tesla, nos tempos atuais, assim como o Fisker (seu fabricante está em regime de concordata).

Mas ambos são modelos de nicho. Tesla consegue vender, hoje, cerca de 1.600 unidades/mês e é bem mais caro. O problema é que os outros elétricos, projetados para o mercado de volume, não conseguem vender mais que isso nos EUA, que ainda é o maior mercado mundial para elétricos puros. Por isso, a pré-apresentação do i3 e submarca elétrica da BMW em Nova York.

Lembrando que o Nissan Leaf (andamos no hatch, que também é táxi em São Paulo e no Rio) é adaptação de arquitetura convencional existente, bem como Renault Zoe (arquitetura derivada do Clio) e Mitsubishi i-Miev (outro modelo testado por UOL Carros, mas ainda inviável no Brasil), que tem versão convencional e elétrica com o mesmo. chassi. Já o Renault Twizy é um fun-car (carro para curtição, de baixa produção) de dois lugares (saiba como ele anda, aqui).

Ainda que circulem com número reduzido de unidades no Brasil, os modelos elétricos ainda são uma realidade distante para nosso país. Para saber mais, assista também a vídeo-reportagem do programa Auto+. (Com Redação)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Da Redação
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Da Redação
Da Redação
UOL Carros

UOL Carros

Cristiano Ronaldo testa supercarro de R$ 7,8 milhões

Dizer que seu produto foi testado e aprovado por uma das maiores estrelas do futebol parece ser um bom argumento de vendas. Foi o que a Bugatti fez. Não que ela precise de muito esforço para vender o hiperesportivo Chiron, mas ainda assim a marca preparou um vídeo promocional em que Cristiano Ronaldo, multicampeão pelo Real Madrid, é convidado para acelerar o supercarro. O atacante experimentou o modelo de absurdos 1.521 cv de potência, capaz de fazer o 0-100 km/h em 2,5 segundos e de alcançar máxima de 420 km/h (e olha que ela é limitada eletronicamente), acompanhado do piloto de testes da marca francesa, Andy Wallace. Confira no vídeo. O próprio jogador fez marketing em cima da ação e publicou imagens do teste em seu Instagram, faturando milhares de curtidas entre seus 91 milhões de seguidores. Dono de um Veyron, antecessor do Chiron, o atual melhor jogador do mundo tem uma coleção de carrões de luxo de fazer inveja, formada por modelos da Ferrari, Porsche, Lamborghini e Rolls-Royce, só para citar algumas marcas. São alguns dos carros do craque os que aparecem ao seu lado no início do vídeo. Ao final da peça, Wallace sugere a Ronaldo que, caso ele queira "ficar com a chave" do Chiron, basta "ligar para a Bugatti?. Não se surpreenda se o goleador lusitano resolver incrementar sua coleção com o Chiron. Para isso ele terá de desembolsar modestos 2,4 milhões de euros, o equivalente a R$ 7,8 milhões.

Best Cars
AutoEstrada
Carsale
Carplace
AutoEstrada
UOL Carros - Blogs - Blog Car and Driver Brasil
UOL Carros - Blogs - Blog Car and Driver Brasil
Carpress
Carplace
Carpress
Car and Driver
Carplace
Car and Driver
Carpress
Carplace
AutoEstrada
Best Cars
Best Cars
Carsale
Carplace
Carros
Carplace
AFP
Carplace
Best Cars
Carplace
Carplace
Carplace
Best Cars
Carplace
Motos - Da Redação
Carplace
Da Redação
Carplace
Best Cars
Carpress
Topo