Honda Civic 2.0, mais forte e econômico, chega em janeiro

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Divulgação

    Versão com maiores potência e torque foi revelada no Salão de São Paulo, em outubro

    Versão com maiores potência e torque foi revelada no Salão de São Paulo, em outubro

A Honda bateu o martelo e lançará o sedã Civic com motor de 2 litros já no final de janeiro. A variante do sedã havia sido apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo (saiba mais aqui), em outubro, mas especulava-se na ocasião que a chegada ficaria para março, após o Carnaval. De fato, o anúncio mantém certa tradição da marca em mostrar novidades da linha logo nos primeiras dias de cada novo ano.

A fabricante divulgou a tabela de preços do carro e UOL Carros atualiza seu texto neste terça-feira (8): a versão LXS (de entrada) segue com o conhecido motor 1.8 (139/140 cavalos com gasolina e etanol, respectivamente), mas ganha câmbio manual de seis marchas e custa R$ 66.690; a configuração automática (cinco marchas) sai por R$ 69.900.

No caso do Civic com novo motor 2.0 (150/155 cv para gasolina/etanol), o câmbio é sempre o automático de cinco marchas, com preços de R$ 74.290 (LXR) e R$ 83.890 (EXR).

Na tabela vigente até dezembro, o Civic LXL manual partia de R$ 62.990, subindo a R$ 66.010 com câmbio automático; o intermediário LXL ia de R$ 67.040 (manual) a R$ 69.990 (A/T); e o EXS custava R$ 79.480 (só A/T).

Álbum mostra detalhes do Civic 2.0
Veja Álbum de fotos

O Civic 2.0 será vendido nos pacotes LXR e EXR, codinomes que corresponderão às configurações intermediárias da gama do sedã no Brasil a partir de janeiro. Elas serão equipadas com o motor Flex One, de 2 litros, que segue aceitando gasolina e etanol, mas gera 150/155 cavalos de potência (a 6.300 giros), com torque de 19,3/19,5 kgfm (a 4.800 giros). Veja a ficha técnica da nova linha Civic aqui.

Este novo motor inova também ao dispensar o tanquinho de gasolina para partida a frio, mas será equipada sempre com o câmbio automático de cinco marchas e opções de troca por borboletas no volante -- o novo câmbio de seis marchas não estará disponível com o motor 2.0 no primeiro momento. De toda forma, a Honda promete que o Civic com novo motor será mais econômico que o 1.8 atual, já que deve trabalhar em rotações menores por conta do maior torque, o que também irá demandar acelerações mais tranquilas por parte do motorista. 

A nova variante do Civic será identificável pela grade com detalhes em preto brilhante e emblema na tampa do porta-malas. A versão EXR contará ainda com airbags laterais (além dos frontais duplos), controles de tração e de estabilidade, assistência de emergência à frenagem, navegador por GPS integrado à tela central e teto solar elétrico.

CIVIC 1.8 COM SEIS MARCHAS
A atual motorização 1.8 (139/140 cv e 17,5/17,7 de torque com gasolina/etanol) ficará restrita à versão LXS, de entrada, mas contará com opção de câmbio manual de seis marchas, numa resposta aos rivais Toyota Corolla (mais diretamente), Chevrolet CruzeRenault Fluence e Volkswagen Jetta.

O novo motor de 2 litros do Civic adianta o futuro de outro modelo da Honda, o crossover CR-V, que passará a contar com o propulsor nas versões LX 4x2 e EXL 4x4, sempre com câmbio automático, em meados de 2013. Importado do México, o CR-V terá de esperar que o limite de importação seja "zerado" e reiniciado, o que só deve ocorrer a partir de março do próximo ano.

FIT AVENTUREIRO

  • Eugênio Augusto Brito/UOL

    Acima, o aventureiro Fit Twist, anunciado no Salão de São Paulo e já encontrado nas lojas

Também revelado no Salão de São Paulo, o Fit Twist -- versão aventureira do hatch -- já chegou às revendas da marca. Sem mudanças mecânicas, a versão conta com os penduricalhos típicos do segmento: molduras para carroceria e caixas de rodas, para-choques, rack de teto, rodas de aro 16 e, no interior, cromados no painel e revestimento sintético à prova d'água nos bancos. 

Os preços oficiais são R$ 57.900 (manual) e R$ 60.900 (automático).

LEIA MAIS

  • Frederic J. Brown/AFP

    Nos EUA, Civic 2013 (em todas as suas variantes, incluindo a esportiva Si, acima) mudou para aplacar críticas; o face-lift foi apresentado recentemente no Salão de Los Angeles

UOL Cursos Online

Todos os cursos