Topo

Coluna

Caçador de Carros


Caçador de Carros: Veja bons usados que custam o preço do Kwid, R$ 30 mil

Murilo Góes/UOL
Renault Kwid parte de R$ 32.650, novo, na loja. Mas você pode fazer mais com este valor Imagem: Murilo Góes/UOL
Felipe Carvalho

Felipe Carvalho é administrador de empresas, consultor e primeiro "caçador de carros" profissional do país. Seu canal no YouTube dedicado a avaliações de achados automotivos tem mais de 100 mil inscritos. www.youtube.com/CarrosdoPortuga

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-05T07:00:00

05/03/2019 07h00

De um lado, com apenas 3,68 m de comprimento, temos um dos menores carros do Brasil. Projeto simples, de baixo custo, é o melhor amigo do bolso do motorista na hora de abastecer, mas exige esforço nas manobras com sua direção sem assistência e não tem ar condicionado para aliviar o calor. Nada de vidros e travas elétricos, tal como o antigo carro do seu avô. Mas tem quatro airbags, provando que mesmo os carros de entrada podem ser seguros. Ele é o... Renault Kwid.

Do outro lado, cinco oponentes, maiores e mais confortáveis, com ar-condicionado, direção assistida, vidros e travas elétricas. Dependendo de como são conduzidos, também podem ser amigos do bolso do motorista nos reabastecimentos, e ainda por cima conseguem entregar maior desempenho para viagens mais prazerosas. Eles são os... carros usados de R$ 30 mil.

Amigo leitor, qual carro você compraria se tivesse R$ 30 mil no bolso? Fiz a brincadeira acima para mostrar duas realidades diferentes. Para aqueles que sonham com um carro novo, não vai conseguir pouca coisa além do Renault Kwid, de R$ 32.650. Há também a opção do Caoa Chery New QQ, de origem chinesa, ainda que fabricado no Brasil, a R$ 27.990, mas que não é tão bem cotado quanto o Renault, sempre no ranking de mais vendidos.

Mas quem troca a sensação de ser o primeiro dono de um carro para fazer um bom negócio, tem no mercado de usados um leque interessante nessa faixa de R$ 30 mil. Quero mostrar opções de diferentes categorias para ajudar você a pensar melhor na hora de comprar. Vamos lá!

Divulgação
Imagem: Divulgação

Hatch: Ford Fiesta SE 2013

Ford Fiesta está prestes a sair de linha no Brasil, certo. Mas o hatch teve versões importadas do México nos anos de 2012 e 2013, que são os modelos dos mais de 20 anos em que o carro foi vendido por aqui. O Fiesta mexicano é tão interessante que bateu de frente com o seu irmão maior, o Focus. E se deu bem: Esse Fiestinha é uma pechincha!

Por módicos R$ 30 mil, você tem a disposição um hatch bonito, com controles eletrônicos de estabilidade e tração, sete airbags e um acabamento bem mais refinado do que o que veríamos em 2014, quando essa geração passou a ser nacional.

Nem todos os mexicanos vinham tão completos, mas é fácil diferenciá-los pelo desenho das rodas de 16 polegadas e pelas luzes diurnas com acabamento cromado no para-choque dianteiro. O motor 1.6 16v da família Sigma faz bonito, com bom desempenho e baixo consumo de combustível.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Sedã: Nissan Sentra S CVT 2012

Se sua necessidade é um carro com câmbio automático, o mercado de novos não tem nada para oferecer na faixa dos R$ 30 mil. Já no mercado de usados, você consegue levar para casa um Nissan Sentra 2012 em sua versão intermediária, S, com o câmbio CVT.

O sedã mexicano de alma japonesa vem completo de fábrica nessa versão, mas estive olhando os classificados e notei que, com sorte, é possível levar um SL para casa, que acrescenta airbags laterais e de cortina, bancos em couro, teto solar e sistema de som mais potente. Digo com sorte porque a tabela dele está próxima dos R$ 35 mil, porém há vários anúncios próximos dos R$ 30 mil.

Para os medrosos que pensam que é caro manter um Sentra, bobagem! Quem me conhece, sabe que tenho um Sentra 2008 na garagem com mais de 200 mil quilômetros que só me dá alegria.

Carta Z Notícias
Imagem: Carta Z Notícias

Perua: Renault Megane Grand Tour Dynamique 2013

Para fãs de Renault não acharem que estou pegando no pé deles dando o Kwid como exemplo, apresento uma opção de usado da mesma marca. Com R$ 30 mil no bolso, é possível levar a belíssima perua Megane Grand Tour 2013.

Os mais eufóricos já vão reclamar que o carro saiu de linha. Mas apesar da aposentadoria é bem tranquilo manter uma Grand Tour, especialmente esses últimos modelos, que vinham em versão única, recheada de equipamentos e motor 1.6 16V com câmbio manual, o mesmo conjunto que foi oferecido aos montes em outros modelos Renault.

O tipo de carroceria está em extinção, mas ainda tem quem valorize a praticidade e beleza das peruas. 

Divulgação
Imagem: Divulgação

7-lugares: Chevrolet Zafira Elite 2011

Apesar de muitas famílias grandes, são poucas as opções de carros com sete lugares no Brasil, que não sejam os caros e pesados SUVs.

Fora dessa categoria, temos entre usados a Nissan Grand Livina, a Kia Carens e a Chevrolet Zafira. Todos são ótimos carros, mas para essa lista eu escolhi a Zafira, que estava em seus últimos anos em 2011, mas ainda em boa forma. As vantagens dela estão na simplicidade mecânica.

O motor 2.0 de oito válvulas é conhecidíssimo dos mecânicos espalhados pelo Brasil. Já por dentro, é bem refinada, tanto que essa versão Elite conta com airbags laterais e ar condicionado automático com saída para o banco traseiro, itens indisponíveis na Chevrolet Spin, sua sucessora. As reclamações são do alto consumo, mas assim como eu falei da Tucson, não podemos esperar nada diferente da pesada Zafira.

E para quem realmente precisa dos sete lugares, recomendo que faça as contas do consumo dividido pelo passageiro. Certamente vai ficar mais barato do que ter dois carros comuns para levar esse número de passageiros.

Divulgação
Imagem: Divulgação

SUV: Hyundai Tucson GLS 2012

Se o seu negócio é seguir a moda dos SUVs, o velho de guerra Hyundai Tucson é uma ótima opção na faixa dos R$ 30 mil. Com esse orçamento, um modelo 2012 na versão mais completa se encaixa perfeitamente. Posição de dirigir mais alta, boa altura em relação ao solo e suspensão adequada ao nosso piso são suas maiores qualidades.

Consumo de combustível é o seu pior defeito, mas aos que reclamam disso, sempre digo que ela gasta o que tem que gastar. O carro é pesado, o motor tem 2 litros e o câmbio automático apenas quatro marchas. Não existe milagre, portanto é carro para quem não tem preocupações com consumo.

Se isso for um problema para você, risque os SUVs da sua lista e escolha outra categoria. 

Carros que todo mundo conhece

Para finalizar, o leitor deve estar se descabelando por essa lista não ter os consagrados Honda Fit, Honda Civic e Toyota Corolla, modelos que são indiscutivelmente queridinhos no mercado de usados. Todos eles possuem versões na faixa dos R$ 30 mil e é claro que são boas compras.

Mas o comprador terá que optar por carros mais antigos, por isso vejo que tem opções mais interessantes e mais novas. Além disso, digamos que não é preciso ler uma coluna que indique um desses carros. Eles se vendem sozinho.

Depois dessa lista, você tem alguma indicação que acha ter faltado como boa opção de R$ 30 mil? Compartilhe sua dica nos comentários!