Últimas de Carros

SUV pequeno, conceito Taigun sinaliza futuro da Volkswagen

André Deliberato/UOL
Taigun, inesperada atração no estande da marca no Salão; carro pode virar real em dois anos imagem: André Deliberato/UOL

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

Depois de escalar Martin Winterkorn, presidente mundial do Grupo Volkswagen, para apresentar à imprensa o Gol G5 de duas portas na noite de domingo, a Volkswagen chamou nesta segunda-feira (22), mais uma vez, o jogador de futebol Neymar para revelar, em seus 25 minutos de coletiva no Salão do Automóvel de São Paulo, o Taigun, SUV pequeno (3,86 metros) feito sobre a plataforma do Up.

Ainda em forma de conceito e em estreia mundial, o modelo -- nas palavras de Winterkorn -- é "feito sob medida para o mercado brasileiro", mas a mídia internacional aposta num lançamento global em cerca de dois anos; na Índia, o carrinho é visto como futuro rival do Ford EcoSport (embora seja menor que este). Equipado com motor 1.0 TSI (três cilindros, turbo e injeção direta de combustível) que rende até 110 cv (gasolina), o protótipo seria capaz de fazer até 22,2 km/litro, segundo a Volks. O câmbio é manual de seis marchas.

Taigun parece, mas não é, a grafia errada do nome de outro SUV da marca, o Tiguan (mistura de "tigre" com "iguana"). A palavra, com sonoridade oriental, não tem significado específico.

A família Up no Salão de São Paulo não se limita ao conceito de jipinho. Apesar de o modelo-base não ter vindo ao evento, sua versão GT (esportiva) e um protótipo de bugue baseado nele estão no estande da marca, ambos com motor 1.2 de 100 cv. A Volks não fala sobre data para estrear no Brasil.

Além dos compactos, a marca alemã também mostra a versão híbrida do Jetta ("em fase de estudos", diz sua assessoria), a picape esportivada Amarok Canyon, o Fusca (ex-New Beetle) e o conceito E-Bugster (versão conversível do Fusca), a nova geração do Passat CC (agora denominado apenas CC) e o conceito Cross Coupé, protótipo de SUV um pouco menor que o Tiguan -- além de toda a gama atual de modelos no Brasil.

O Fusca manual parte de R$ 77.600, enquanto o carro dotado de câmbio de embreagem dupla DSG custa R$ 80.990.

Topo