Topo

Carros

#Avaliação: como anda o Volkswagen Virtus 1.6 MSI

UOL Carros

03/07/2018 03h50

Quando se fala em Volkswagen Virtus logo vem à cabeça a versão "completaça" 200 TSI Highline, dotada de quadro de instrumentos 100% digital, "rodonas" aro 17, luzes diurnas em LED etc. Só que ela custa perto de R$ 90 mil, e, portanto, está um bocado longe de ser a mais acessível da gama. Se o que o bolso do comprador permite é gastar não muito mais do que R$ 60 mil, faixa por onde orbitam versões intermediárias de modelos como Chevrolet Prisma, Hyundai HB20S e afins, a opção será a configuração de entrada 1.6 MSI, que parte de R$ 59.990. Não é à toa que ela é responsável por cerca de 40% dos emplacamentos do modelo. Vale a pena? UOL Carros a avaliou durante uma semana e dá a resposta agora. Confira no vídeo que abre esta reportagem e conheça mais detalhes abaixo. Unidade que experimentamos contava com pintura metálica prata Sirius (R$ 1.450) e kit opcional chamado "Connect Pack" (R$ 2.950), que inclui controle de estabilidade, bloqueio eletrônico de diferencial, assistente de partida em aclives, central multimídia com tela tátil de 6,5 polegadas e projeção de celulares (Apple CarPlay e Android Auto), volante multifuncional, rodas de liga leve aro 15 e sensores traseiros de estacionamento. Total: R$ 64.390. Confira como anda!

Comunicar erro

Mais Carros