UOL Carros

01/07/2009 - 12h13

Vendas de veículos no país em junho têm recorde histórico, diz fonte

Em São Paulo
As vendas de veículos no Brasil bateram recorde em junho, alcançando cerca de 290 mil unidades, de acordo com uma fonte da indústria. A redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros, em vigor desde meados de dezembro, tem sustentado a comercialização de veículos no país.

O alívio fiscal tinha inicialmente prazo até março, foi prorrogado até junho e novamente estendido. As atuais alíquotas do IPI -- de zero no caso dos veículos de mil cilindradas (1.0) -- permanecem até setembro e depois retornarão gradualmente.

COMO FICA O IPI PARA CARROS

MOTORIZAÇÃOATÉ SET/09OUT/09NOV/09DEZ/09JAN/10
1.001,5%3%5%7%
1.0 a 2.0 a gasolina6,5%8%9,5%11%13%
1.0 a 2.0 flex5,5%6,5%7,5%9%11%


Segundo a fonte ouvida pela agência Reuters, com acesso a dados preliminares de licenciamentos de automóveis e comerciais leves, as vendas no mês passado totalizaram 289.985 unidades, superando o recorde de 288,1 mil unidades comercializadas em julho passado, até então o melhor mês de vendas na história do setor automotivo brasileiro.

OS MAIS VENDIDOS

Segundo dados preliminares da Fenabrave, o hatch VW Gol (27.018 unidades) segue líder de vendas no país, seguido pelo Fiat Palio (19.355) em segundo e Fiat Uno (15.192) em terceiro. Os dados oficiais do mês de junho serão divulgados até o final da semana, mas alguns números já podem ser conferidos no link abaixo

Fonte: AutoEstrada
O volume no mês passado representa uma alta de cerca de 22% sobre os 237,37 mil automóveis e comerciais leves vendidos em maio.

Com os números de junho, as vendas no primeiro semestre somam 1,39 milhão de unidades, superando ligeiramente os licenciamentos de 1,34 milhão do mesmo período de 2008.

O analista Alexandre Andrade, da consultoria Tendências, observa que o setor automotivo está sendo beneficiado pelo "estímulo do IPI e melhora nas condições de financiamento, principalmente nos prazos --que estão voltando a ser mais longos".

Na segunda-feira, o presidente da Anfavea, associação que reúne as montadoras instaladas no país, Jackson Schneider, afirmou que a indústria pode ter em 2009 "o melhor ano da história", após o recorde de vendas de 2008.

Diante da extensão do IPI reduzido, a entidade pode acabar revendo este mês sua projeção para o desempenho do setor este ano, de queda de 3,9% nas vendas de veículos no país, para 2,7 milhões de unidades, e recuo de 11,1% na produção, para 2,86 milhões de unidades. (por Alberto Alerigi Jr.)
Fale com UOL Carros

SALOES