UOL Carros

01/07/2009 - 13h30

Criação de 'nova GM' é única opção viável, diz Tesouro dos EUA

Em Nova York
A única opção viável para salvar a General Motors é a venda dos seus principais ativos para a "Nova GM", afirmou uma autoridade do Tesouro norte-americano nesta quarta-feira (1º), conforme a montadora busca autorização para a operação.

A GM está no segundo dia de audiência em uma corte de falências em Manhattan, na qual a montadora solicita ao juiz Robert Gerber que autorize a venda dos ativos, apenas um mês após ter entrado em concordata.

No início da audiência, advogados de um grupo de credores dissidentes pediu ao conselheiro de reestruturação da GM, Bill Repko, do banco de investimento Evercore, e a Harry Wilson, membro sênior da força-tarefa criada pelo governo dos Estados Unidos para acompanhar a recuperaçUS$ ão do setor automotivo, se a GM poderia prosseguir com uma reorganização tradicional em vez de uma venda apressada de seus ativos à "Nova GM".

LEIA MAIS: Sangramento da Chrysler está diminuindo, diz Fiat

"Havia um diálogo constante sobre nossas opções", disse Wilson, descrevendo como o governo concluiu que uma venda é o "único caminho viável para a companhia".

Ele acrescentou que o governo quer que a GM permaneça em concordata por apenas 30 a 40 dias. Washington estabeleceu 10 de julho como prazo limite para fechar a venda dos principais ativos da companhia.

Uma venda bem sucedida marcaria a segunda grande vitória da força-tarefa do governo de Barack Obama, que no começo de junho atuou como intermediário na venda da Chrysler a um grupo liderado pela Fiat.

Se o acordo da GM for aprovado, a companhia conseguirá vender os melhores ativos, incluindo a Chevrolet e a Cadillac, sob a seção 363 do código de recuperação judicial, para a "Nova GM", enquanto o Tesouro dos EUA fornecerá US$ 60 bilhões em financiamento.

Com o plano apoiado pelo governo, o grupo sindical United Auto Workers ganhará uma fatia de 17,5% na Nova GM, o governo canadense ficará com 12% e os credores da montadora devem assumir 10%.
Fale com UOL Carros

SALOES