UOL Carros

04/06/2009 - 20h39

Argentina vai emprestar US$ 70 milhões à General Motors local

Em Buenos Aires
A Argentina irá emprestar US$ 70 milhões para a filial local da montadora norte-americana General Motors, que passa por um processo de concordata, para garantir o financiamento da produção de um novo veículo e manter os empregos no setor da indústria que é chave para o país. O anúncio foi feito três dias após a GM solicitar proteção judicial nos Estados Unidos, frente a uma feroz queda nas vendas.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, afirmou que o empréstimo será garantido parcialmente por uma hipoteca sobre a fábrica da empresa na província de Santa Fe e com uma garantia flutuante sobre 15 mil veículos que a empresa tem em estoque -- além de contratos de exportação.

"O empréstimo é feito pela Anses (órgão estatal de previdência), que são os recursos dos trabalhadores argentinos", disse Kirchner durante discurso na fábrica da GM. A produção de automóveis no país viiznho acumula queda de 35,5% nos primeiros cinco meses de 2009, a 151.579 unidades.

O crédito da Administración Nacional de la Seguridad Social (Anses) cobre 58% da iniciativa da GM, destinada ao desenvolvimento de um veículo "compacto regional... cuja produção será iniciada no final de 2009", segundo afirma a empresa em seu site. A filial local da General Motors informou que "é uma entidade legal distinta [da matriz], com solvência econômica e financeira". O empréstimo será devolvido em 120 prestações.
Fale com UOL Carros

SALOES