UOL Carros

18/02/2009 - 09h46

Operações da GM na Europa devem ter lucro em 2011

Em Frankfurt
A General Motors projetou que seus negócios na Europa, que incluem a marca Opel/Vauxhall, apresentarão lucro em 2011, após uma redução de US$ 1,2 bilhão nos custos que pode implicar no fechamento de fábricas.

"Semelhante aos Estados Unidos, as operações da companhia na Europa também devem produzir resultados e fluxos de caixa negativos significativos em 2009 e 2010", informa a GM em plano de reestruturação apresentado ao Tesouro norte-americano na terça-feira.

A companhia acrescentou que o principal problema para seus negócios na Europa é a falta de liquidez no curto prazo, para a qual a GM mantém conversas com os governos alemão e sueco sobre auxílio estatal para a Opel e a Saab.

"Refletindo... reduções significativas em custos estruturais --incluindo expressiva consolidação manufatureira e economia com custos de mão-de-obra-- as operações da GM na Europa devem produzir resultados financeiros positivos em 2011-2014", afirmou a companhia.

A General Motors, que está buscando mais US$ 16,6 bilhões de Washington, mesmo após já ter recebido US$ 17,4 bilhões em empréstimos, informou que está em negociações com representantes de trabalhadores da Europa sobre o corte de 1,2 bilhão de dólares em custos, que envolveria "vários possíveis fechamentos ou desmembramento de instalações manufatureiras em locais de custo maior".

Notícias publicadas pela mídia apontam os locais de produção da GM de Antwerp, na Bélgica, e de Bochum, na Alemanha, como em perigo, junto à fábrica da Saab, em Trollhattan.
Fale com UOL Carros

SALOES