UOL Carros

19/04/2006 - 08h48

Toyota prepara carro flex para o Brasil e pode vender nos EUA

TÓQUIO (Reuters) - A Toyota Motor planeja vender veículos movidos a álcool nos Estados Unidos até 2008, seguindo o exemplo das montadoras domésticas General Motors e Ford Motor, publicou o Finantial Times nesta quarta-feira, citando um executivo da companhia japonesa que preferiu não ser identificado.

Uma porta-voz da Toyota em Tóquio reconheceu que a montadora estava desenvolvendo veículos bicombustíveis, principalmente para o mercado brasileiro, que aderiu ao etanol, mas preferiu não revelar planos de produtos específicos.

"Estamos prosseguindo com o desenvolvimento de carros a base de etanol para o Brasil, mas para outros mercados estamos descobrindo primeiro quais as necessidades existentes", disse ela.

A Toyota, líder de mercado nos veículos híbridos movidos por eletricidade e gasolina, resistia à tecnologia por preocupações sobre o alto impacto de corrosão do etanol nas peças de borracha do motor, informou o Finantial Times.

As montadoras dos EUA produziram cerca de 6 milhões de veículos flex-fuel, com muitos funcionando a base de mistura de combustíveis com 85 por cento de etanol, ou álcool etílico, e 15 por cento de gasolina.

O presidente dos EUA, George W. Bush, encorajou maior uso de etanol para reduzir importações de petróleo, mas menos de 1.000 dos 170.000 postos de combustível do país atualmente vende a mistura de gasolina e álcool. Bush estabeleceu meta de seis anos para tornar o uso do etanol efetivo e competitivo como combustível alternativo, e prometeu financiar novas pesquisas sobre maneiras de produzir etanol, não somente a partir de milho, mas também a partir de tiras de madeira ou capim.

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES