UOL Carros

06/10/2005 - 20h11

Metalúrgicos rejeitam nova proposta e Volks finca pé

SÃO PAULO (Reuters) - Os funcionários da Volkswagen rejeitaram nesta quinta-feira proposta feita pela direção da montadora e continuam em greve. Em comunicado distribuído no início da noite, a companhia declarou que fez sua última oferta.

Desde o início do movimento, que começou há uma semana em São Bernardo, quase 10 mil carros e 6 mil motores já deixaram de ser produzidos.

Os funcionários querem participação nos lucros de 5,5 mil reais. A Volks começou com uma oferta de 4,2 mil reais e a elevou a 4,7 mil reais nesta semana, já sob greve em São Bernardo. Após uma reunião com os empregados, que começou às 16h de quarta-feira e só terminou às 3h desta quinta, chegou aos 5 mil reais, mas a proposta mais uma vez foi rejeitada.

"A empresa manipulou números. Apresenta uma oferta aparentemente maior, mas que não bate com a realidade", declarou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em comunicado distribuído à tarde.

Segundo os representantes dos funcionários, a Volks vinculou o pagamento de participação mais alta a metas de produção inatingíveis. Mesmo se a greve terminasse nesta quinta, São Bernardo poderia fabricar no máximo 202 mil carros neste ano e Taubaté, 208 mil, segundo o sindicato.

Para ganhar participação de 5 mil reais, ainda segundo os metalúrgicos, os funcionários de cada fábrica teriam de produzir 212 mil veículos em 2005.

"A Volkswagen chegou ao seu limite máximo diante das condições financeiras de suas operações no Brasil. Não há nada mais a oferecer, resta apelar ao bom senso dos empregados para que retornem ao trabalho o mais rapidamente possível", afirmou em nota o gerente corporativo de Relações Trabalhistas da Volkswagen do Brasil, Nilton Junior.

Na fábrica de São Carlos, onde são produzidos 1.400 motores por dia, os funcionários fazem assembléia nesta sexta-feira de manhã para decidir sobre se mantêm a greve. Em São Bernardo, nova assembléia está marcada para a segunda-feira. Os metalúrgicos não divulgaram programação para Taubaté.

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES