UOL Carros

12/06/2009 - 11h30

Honda XRE 300 vem substituir Tornado e Falcon de uma só vez

Da Infomoto
Depois de cinco meses de espera, finalmente a nova trail da marca nipônica é apresentada ao mercado de duas rodas. Porém só começa a ser vendida a partir de agosto. Enquanto a moto não chega às concessionárias, conheça em detalhes as principais características da XRE 300: freio a disco na roda traseira, balança e rodas de alumínio e, de quebra, bagageiro muito parecido com o que equipa a XL 1000 Varadero. O primeiro contato do modelo com a imprensa especializada aconteceu em 15 de maio, na pista de testes da Honda, em Rio Preto da Eva (AM). Era uma versão pré-série que só pôde ser fotografada. Agora é esperar pelos testes dinâmicos.
  • Arthur Caldeira/Infomoto

    Com chegada prevista para agosto e preço de R$ 12.890, XRE 300 aposenta Falcon e Tornado

Com grande porte e design radical, a Honda XRE 300 terá a dura missão de substituir dois modelos de sucesso de uma só vez: Tornado e Falcon. A nova trail conta com freio a disco na roda traseira, balança e rodas de alumínio e, de quebra, bagageiro muito parecido com o que equipa a XL 1000 Varadero. Mas ainda demora um pouco para dar as caras -- só deve chegar às lojas em agosto, com preço estimado em R$ 12.890.

Adaptada ao Promot 3 e seus novos limites de emissão de poluentes, a nova trail com motor de 300cc mescla ainda características da Tornado e da Falcon, como explica José Luiz Terwak, gerente de novos produtos da Honda: "No início, a XR 250 Tornado era utilizada exclusivamente para o off road. Mais tarde, com a chegada da CRF 230, ficou restrita à locomoção e lazer. Além disso, seria difícil adaptar o motor de 400cc da Falcon ao Promot 3 e com isso decidimos oferecer um motor mais potente e qualidades touring a uma motocicleta baseada na Tornado".

ÁLBUM DE FOTOS
Arthur Caldeira/Infomoto
VEJA MAIS DA XRE 300
ESTILO RADICAL
A XRE 300 conta com linhas agressivas, seguindo a tendência adventure. Ao passar os olhos na on/off-road da marca nipônica, chamam a atenção o bom nível de acabamento e as soluções criativas do novo modelo. Além do paralama principal elevado, há outro menor junto à roda que protege o piloto contra respingos de lama ou da água da chuva. Na dianteira, o farol multi-refletor com lentes em policarbonato ganhou lâmpadas mais potentes (60/55W). Para dar um acabamento requintado na parte dianteira, a Honda utilizou aletas que integram o tanque de combustível de 12,4 litros ao para-lama. A autonomia é maior do que na Tornado (tanque de 11,5 l), mas muitos sentirão falta da NX4 (tanque tem 15,3 l).

Totalmente digital, o novo painel está embutido à carenagem do farol e traz marcador de combustível, velocímetro, hodômetros total e parcial, além de luzes-espia. Mais moderno que o da Falcon e mais completo que o da Tornado, já que traz conta-giros digital.

Na traseira, o conjunto óptico é formado por lanterna e piscas independentes, suporte de placa alto e alças em alumínio integradas ao bagageiro. As rodas de alumínio na cor preta têm 21 polegadas na dianteira e 18 polegadas na traseira, calçadas com pneus de uso misto Metzeler Enduro 3.

FICHA TÉCNICA

HONDA XRE 300
Motor: 291 cc, DOHC, monocilíndrico, 4 tempos, 4 válvulas, arrefecido a ar.
Transmissão: Cinco marchas. Embreagem multidisco em banho de óleo.
Potência: 26,1 cv a 7.500 rpm.
Torque: 2,81 kgfm a 6.000 rpm.
Diâmetro e curso: 79 x 59,5 mm. Taxa de compressão: 9:1.
Alimentação: Injeção eletrônica de combustível PGM-FI. Partida elétrica.
Suspensão: Dianteira por garfo telescópico com 245 mm de curso. Traseira Pro-Link com 225 mm de curso.
Freios: Dianteiro a disco simples de 256 mm de diâmetro e cáliper de duplo pistão. Traseiro a disco simples de 220 mm de diâmetro e cáliper de pistão simples.
Pneus: 90/90 - 21M/C (54S) na dianteira e 120/80 - 18M/C (62S) na traseira.
Chassi: Berço semiduplo. Medidas: 2.171 mm de comprimento, 830 mm de largura, 1.181 mm de altura, 1.417 mm de entre-eixos, 860 mm de altura do assento e 259 mm de distância para o solo.
Tanque: 12,4 litros.
Peso: 144,5 kg.
Cores: Preta, vermelha e amarela metálica.
Preço: R$ 12.890.
MAIOR
Para encarar qualquer obstáculo, a XRE 300 está equipada com motor monocilíndrico de quatro tempos, 291,6 cm3, DOHC (duplo comando no cabeçote), arrefecido a ar e com radiador de óleo. Com 26,1 cv a 7.500 rpm de potência máxima e 2,81 kgf.m a 6.000 rpm, este propulsor apresenta o mesmo torque da irmã CB 300R. Porém, a versão naked é pouca coisa mais potente: tem 26,53 cv a 7.500 rpm.

A XRE 300 traz ainda câmbio de cinco velocidades e sistema de injeção eletrônica PGM-FI. Com o novo sistema a XRE 300 atende, com folga, aos índices de emissões de poluentes estabelecidos pela terceira fase do Promot.

CICLÍSTICA
A trail da Honda foi montada sobre um novo chassi -- berço semi-duplo -- que, segundo a montadora, oferece agilidade e fácil pilotagem. Na dianteira, garfo telescópico de longo curso e freio a disco de 256 mm de diâmetro e cáliper de duplo pistão. Na traseira, suspensão monoamortecida (Pro-Link), com tensão de mola ajustável e balança de alumínio (Aluminium Swing Arm). Ao menos na teoria, a XRE 300 guarda o DNA off road da Tornado para rodar com desenvoltura em estradas de terra.

O destaque fica por conta do novo freio traseiro: um disco de 220 mm de diâmetro com pinça de pistão simples. Na cor dourada, as pinças conferem visual ainda mais sofisticado ao novo modelo trail da Honda. O peso a seco da XRE 300 é de 144,5 kg -- 7,5 kg mais leve que a Falcon, porém 10 kg mais pesada que a XR 250.

Disponível nas cores preta, vermelha e amarela metálica, a moto chega à rede de concessionárias em agosto. No primeiro ano, a Honda espera vender 40 mil unidades da XRE 300. O preço público sugerido é de R$ 12.890,00 (base Estado de São Paulo) e não inclui despesas com frete e seguro. Porém, na prática esta moto deverá ser comercializada em torno de R$ 13.500,00. Sua principal concorrente, a Yamaha Lander 250 (2008), tem 20,7 cv de potência máxima e custa R$ 12.331. (por Aldo Tizzani)

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES