UOL Carros
 
01/04/2009 - 18h30

Venda de carros nos EUA tem queda generalizada na casa dos 40% em março

Da Redação
Novo balanço de vendas divulgado nos Estados Unidos, nova sangria. Ford, GM e Chrysler continuam na incômoda liderança no volume de quedas, mas o restante das marcas atuantes no mercado norte-americano também não têm o que comemorar, já que a queda global em março ficou acima ou próxima do patamar de 40%.

VENDAS POR MARCA NOS EUA
BMW (+ Mini e Rolls-Royce)-22,9-25
Chrysler-39,3-45,5
Mercedes-Benz-25-26
Ford-42,1-44,4
GM-44,7-48,8
Honda-36,3-34,5
Hyundai-3,3+0,7
Maserati-63,2-57,8
Mitsubishi-57-48,9
Nissan-37,7-35,2
Porsche-29,1-27,3
Suzuki-24,1-42,8
Toyota-39-37,1
Volkswagen-19,7-19,1
MarcaEm marçoEm 2009
De acordo com informe da agência "Automotive News", a queda nas vendas pode sequencial está prestes a marcar o pior momento do mercado em 27 anos. A Ford, única das grandes montadoras americanas a abrir mão da ajuda governamental, registrou baixa de 42,1%, enquanto GM caiu 44,7%. A redução da Chrysler é a menor desde outubro de 2008, mas não permite comemorações: 39,3%.

E nem mesmo as "estrangeiras" conseguiram resultado melhor no mês. A Nissan registrou baixa de 37,7%, enquanto a Honda teve queda de 36,3% e anunciou medidas drásticas, como paralisação de unidades e corte de vendas e de salários. E a Toyota, líder mundial, viu retração de 39% nas vendas em solo americano.

A alemã Mercedes-Benz teve queda de 25%, enquanto a Volkswagen também registrou um patamar menor de queda, 19,7%.

  • LEIA TAMBÉM: GM VÊ RISCO ALTO DE CONCORDATA

    O TAMANHO DA RETRAÇÂO
    No último ano, o mercado norte-americano consumiu 13,2 milhões de automóveis. Para 2009, porém, o total não deve superar os 9 milhões de unidades, de acordo com as previsões mais atualizadas.

    A Ford afirma ter produzido apenas 349.000 veículos no primeiro trimestre deste ano, quase 30.000 unidades a menos do que o esperado.

    Veja também

    Carregando...
  • Fale com UOL Carros

    SALOES