UOL Carros
 
13/03/2009 - 13h24

Vendas de marcas da GM na Europa despencam até 54% em fevereiro

Da redação, com agências internacionais
A GM viu suas marcas europeias --- Opel, Vauxhall e Saab -- despencarem em vendas no último mês, informa nesta sexta-feira o boletim "Automotive News Europe". A maior queda foi a da Saab, 54,1%, com apenas 2.205 unidades comercializadas em fevereiro. Opel e Vauxhall tiveram redução de 21,9%, reduzindo suas vendas conjuntas para 70.590 carros no período, números confirmados pela ACEA, a associação europeia de montadoras.

A confirmação da queda brutal nas vendas das marcas da GM na Europa chega dez dias após a divulgação de péssimos resultados também na sede da montadora, nos Estados Unidos, com queda de 53,1%, em fevereiro.

FUNDO DO POÇO
A Saab é, com certeza, a subsidiária da GM que se encontra em pior situação. A montadora americana anunciou que se recusa a seguir arcando com as perdas da marca sueca, que está sob proteção judicial contra credores (uma espécie de concordata). A solução pode vir com chegada de um novo parceiro, que teria de se mostrar disposto a investir numa linha que sofre com a defasagem de seus modelos.

Já Opel e Vauxhall esperam por uma ajuda de até 3,3 bilhões de euros dos governos europeus, sobretudo da Alemanha e Inglaterra, para retomar a liquidez.

Na Alemanha, a Opel foi auxiliada, no último mês, por um cheque-bônus de 2.500 euros, pagos pelo governo ao consumidor disposto a trocar de carro. Ainda assim, a política beneficiou também as montadoras rivais.

OUTROS FABRICANTES
Embora as vendas do Grupo GM tenham sofrido mais, a queda nas vendas europeias em fevereiro atingiu grande parte das montadoras. A Volkswagen registrou queda de 6,2%, a Ford teve redução de 8,6%, e a Fiat comercializou 18,6% a menos no período.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES