UOL Carros
 
28/01/2009 - 20h57

Crise e ausência de montadoras cancelam Salão do Automóvel de Barcelona

Da Redação
A organização do Salão Internacional do Automóvel de Barcelona anunciou, nesta quarta-feira (28), o cancelamento do evento, que seria realizado na cidade espanhola entre os dias 9 e 17 de maio. A ausência de grandes montadoras, que deixariam de participar da feira em virtude da crise econômica, foi o motivo alegado pelo realizadores, segundo informa um boletim da agência "Automotive News Europe".

A americana General Motors, que está se valendo de ajuda bilionária da Casa Branca para continuar ativa, as francesas Peugeot e Citroën, que também discutem o recebimento de auxílio governamental, e a japonesa Nissan estão entre os fabricantes que já haviam decidido não participar do salão espanhol. Além do corte de custos, a visibilidade reduzida do mercado automotivo local não justificaria os gastos decorrentes da participação no evento, que se realiza alternadamente entre as cidades de Madrid e Barcelona, a cada ano.

Em 2008, as vendas caíram 28,1% e apenas 1,16 milhão de carros novos foram vendidos, o menor nível em uma década, segundo a associação local dos fabricantes (Anfac). Para 2009, a previsão é de nova queda, de até 23%, o que pode reduzir o número de novas unidades vendidas para 900 mil.

Este não é o primeiro evento do ano a tombar por conta da crise que afeta a economia mundial e pesa sobre o setor automotivo. Há cerca de duas semanas, foi anunciado o cancelamento do Salão de Buenos Aires (Argentina). O evento, que ocorreria entre 17 e 28 de junho, pode ser realizado em 2010, se as condições melhorarem até lá. A vítima anterior, foi o tradicional Salão de Detroit, que mesmo sem diversas montadoras e com público baixo, mostrou boas novidades.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES