UOL Carros
 
09/01/2009 - 21h57

Zenvo ST1 é superesportivo dinamarquês com colossais 1.119 cv de força

Divulgação 


Da Auto Press

Pouquíssimos carros no mundo possuem motores capazes de despejar mais de 1.000 cv de potência nas rodas. O Zenvo ST1 é um deles, ao lado do prestigiado francês Bugatti Veyron e do americano SSC Ultimate Aero Twin-Turbo. As 15 unidades do cupê superesportivo dinamarquês que serão fabricadas ao longo de 2009 virão equipadas com o mesmo motor 7.0 litros V8 do Chevrolet Corvette Z06, só que carregado na "pimenta". O propulsor LS7 -- fornecido pela General Motors -- produzirá abusivos 1.119 cv de potência aos 6.900 rpm e 145,8 kgfm de torque máximo, soltos aos 4.500 giros. É mais que o dobro dos 512 cv e 47 kgfm de torque despejados no Corvette Z06, igualmente gerenciado por um câmbio manual de seis marchas.

CAVALARIA DINAMARQUESA
Divulgação
VEJA MAIS IMAGENS DO ST1
O "segredo" para tanta energia extra está na instalação de um compressor mecânico que trabalha em conjunto com um turbocompressor. O próprio nome ST1 vem da junção de Supercharger -- compressor, em português -- com Turbo. Já o numeral indica que o bólido é o primeiro automóvel fabricado pela Zenvo, montadora dinamarquesa que abriu as portas em 2004. Com as "mexidas" de engenharia, o desempenho impressiona. Segundo a Zenvo, o modelo acelera de zero a 100 km/h em 3 segundos exatos e chega à máxima de 375 km/h, limitada eletronicamente. Os números credenciam o ST1 a brigar com outros superesportivos "puro sangue", como Pagani Zonda F, Lamborghini Murcielago, Ferrari FXX, Mercedes-Benz SLR McLaren, Audi R8, Koenigsegg CCX -- além do Veyron e do Saleen S7.

Outro aspecto marcante no Zenvo ST1 é o visual extremamente agressivo e incomum. Há músculos, vincos e entradas e saídas de ar por todos os lados. Na frente, destaca-se um enorme "bocão" ao centro que, junto com as duas cavidades bem pronunciadas no capô, tem função exclusivamente aerodinâmica. Como o motorzão 7.0 V8 fica na traseira, são as quatro tomadas de ar laterais -- duas à frente das rodas traseiras e outras duas atrás das janelas - que alimentam o coletor de admissão. Ainda nas laterais, chamam bastante a atenção as enormes rodas de liga-leve de 19 e 20 polegadas na frente e atrás, ambas cobertas com pneus de perfil baixo 255/35 e 255/30 da Michelin, na ordem. Para recebê-las, foram moldados para-lamas corpulentos.

Também fora do comum, a traseira segue o estilo arrojado e anguloso. Das laterais, dois vincos em diagonal formam um degrau nos para-lamas traseiros e descem em direção ao centro da carroceria, formando uma saliência. Ali, fica um aerofólio, fixado nas pontas. As lanternas, assim como os faróis, tem canhões de luz individuais cobertos por uma moldura do tipo colmeia. Na mesma seção ficam também as saídas do escapamento. Uma enorme saída de ar central na base do para-choques completa o visual arrojado.

Para suportar o desempenho violento, a Zenvo equipou o ST1 com alguns itens de segurança "básicos". Entre eles, estão disponíveis controle de tração, faróis de xênon, duplo airbag frontal e freios a discos ventilados na frente e atrás, com ABS e EBD. Há ainda um head-up display, que projeta por meio de fibras óticas as informações do quadro de instrumentos no para-brisas, e um medidor da força G - que monitora as forças laterais e longitudinais sobre o veículo.

Como o nível de conforto também pesa num segmento em que os carros costumam custar uma fortuna, a Zenvo caprichou. O ST1 traz bancos de corrida do tipo concha cobertos em couro camurçado, ar-condicionado automático digital de duas zonas, direção hidráulica adaptativa, acionamento elétrico dos vidros, travas, bancos e espelhos laterais, computador de bordo, controle de cruzeiro, chave do tipo keyless, com acionamento do motor no botão start/stop, além de rádio/CD com MP3, entre outros.

É possível ainda pagar à parte para escolher a cor do couro que reveste o interior ou instalar navegador GPS ou discos de freio de cerâmica -- mais resistentes ao calor e, por isso, mais eficientes. Com início de produção marcado para 1º de maio, a Zenvo só não fala sobre consumo e emissões de CO2. Até porque os compradores das 15 unidades do ST1 estarão bem mais interessados nas arrancadas do superesportivo.
(por Diogo de Oliveira)

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES