UOL Carros
 
05/01/2009 - 20h43

Montadoras fecham 2008 com números negativos para vendas nos EUA

Das agências internacionais
Com Redação
As principais montadoras instaladas nos Estados Unidos divulgaram, nesta segunda-feira (5), balanço referente às atividades do mês de dezembro e também de todo o ano de 2008. O panorama, como esperado para o ano que terminou sob estigma da crise, é comum a todas: Toyota, GM, Ford, Chrysler e Honda registram queda nas vendas seja nos números dos últimos 30 dias de 2008, seja na comparação de todo o ano que passou com os números de 2007.

A General Motors Corp, principal marca norte-americana, anunciou queda de 23% nas vendas em 2008, ano marcado pela queda mais brusca nas vendas da indústria automotiva dos Estados Unidos desde 1974, quando o setor se recuperava do impacto do primeiro choque do petróleo. As vendas caíram de 16,2 milhões de veículos em 2007 para 13,5 milhões de veículos em 2008, de acordo com dados preliminares, o que havia sido antecipada por analistas.

No balanço mensal, a GM registrou baixa de 31% em dezembro e isso após receber ajuda do governo norte-americano da ordem de US$ 13,4 bilhões em fundos emergenciais. Foram 222 mil veículos em dezembro, ou seja 43% a mais que no mês anterior, mas esse número representa 31% a menos em relação a dezembro de 2007.

  • Leia mais sobre os números da GM

    Para 2009, o analista de vendas da GM Mike DiGiovanni prevê siga com o panorama de vender entre 10,5 e 12 milhões de veículos, o que caracteriza mais uma queda a partir dos níveis de 2008.

    TOYOTA MUDARÁ AÇÃO
    A Toyota, maior montadora mundial, terminou o ano nos Estados Unidos com queda de 36,7% em dezembro, em relação ao mesmo mês de 2007. Foram vendidos 141.949 unidades no período.

    No balanço anual, a queda absoluta foi de 2.217.662 unidades em 2008, baixa de 15,7%.

  • Mais sobre os números da Toyota

    Na divisão por segmentos, a marca Toyota vendeu um total de 1.957.575 unidades no, queda de 14,9%; a divisão de luxo Lexus teve uma demanda de 260.087 unidades, uma redução de 21,2% frente a 2007.

    Segundo Jim Lentz, presidente da Toyota nos Estados Unidos, a marca mudará seu foco para 2009 e "voltar a nos concentrar onde devemos, no consumidor".

    CHRYSLER BATE NOS 30%
    No mesmo dia em que anunciou já ter recebido uma parcela de US$ 4 bilhões da ajuda prometida pelo governo dos EUA, a Chrysler relatou ter perdido 53% de suas vendas em dezembro, em relação ao mesmo mês em 2007. No fechamento total do ano de 2008, a queda chegou aos 30%.

    HONDA: REFLEXO DO MERCADO
    O grupo Honda vendeu 86.085 veículos nos Estados Unidos durante dezembro, 34,7% a menos que há um ano, e fechou 2008 com vendas totais de 1.428.765 unidades, queda de 8,2%.

    Na divisão de marcas do grupo, a Honda vendeu 75.405 automóveis em dezembro, 34% a menos que no mesmo período do ano passado, e 1.284.261 veículos em todo o ano de 2008, 6,7% a menos que em 2007. Já a Acura, divisão de luxo, vendeu 10.680 unidades em dezembro (-39,3%) e 144.504 no conjunto do ano (-20%).

  • Leia mais sobre os números da Honda
  • Japão teve pior dezembro da história em vendas

    FORD
    As vendas do grupo Ford nos EUA caíram 32,4% em dezembro, segundo o balanço divulgado pela companhia. No fechamento de 2008, as vendas da marca diminuíram 20,7%, seguindo a tendência de todo o setor nos EUA.

  • Saiba mais sobre os números da Ford

    Em números absolutos, as vendas de veículos da Ford em dezembro somaram 139.067 unidades. No total para o ano de 2008, foram 1.988.376 veículos vendidos, contra 2.507.366 em 2007.

    Veja também

    Carregando...
  • Fale com UOL Carros

    SALOES