UOL Carros
 
10/12/2008 - 12h21

Veículos com preços acima de R$ 80 mil contrariam crise e têm vendas aumentadas

Da Redação
Se os relatórios de emplacamentos da Fenabrave dos últimos dois meses mostraram o efeito negativo da crise de crédito sobre as vendas de carros novos no país (só em novembro o impacto foi de 26%), um estudo feito pela agência "AutoInforme" e divulgado pela agência "InfoMoney" analisa mais profundamente os números e mostra que o segmento mais afetado foi o de carros mais populares. Por outro lado, os veículos na faixa acima dos R$ 80 mil tiveram as vendas aumentadas no período.

O estudo comprova, por exemplo, o salto que o sedã médio Honda Civic (preço de R$ 85.235 em sua versão EXS) deu na tabela da Fenabrave (lá, saiu da 8ª para a 4ª colocação) ao aferir que suas vendas cresceram 2,6% de outubro a novembro.

O crossover Chevrolet Captiva Sport (R$ 99.990 na versão AWD) cresceu 62,2%, vendendo 1.502 unidades até novembro. O utilitário Hyundai Santa Fe teve alta de 17,3% e a picape Nissan Frontier, assim como o sedã Volswagen Passat, cresceram mais de 40%.

Apenas para registro, a venda de hatches pequenos, como o Chevrolet Corsa, caíram até 59,5%. O líder VW Gol viu suas vendas descerem até 36,2% desde setembro -- só no último mês, o número de unidades vendidas despencou de 23.262 para 17.995.

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES