UOL Carros
 
05/11/2008 - 17h57

Crise derruba venda nacional de carros em 11,58% em outubro, diz Fenabrave

Da Redação
Menor disponibilidade de crédito, maior incerteza em relação ao futuro e aumento no custo de manutenção do carro zero são três dos efeitos da crise que já causam impacto sobre o setor automotivo brasileiro. Como resultado, o total de vendas e emplacamentos de automóveis novos caiu mais de 11% no mês de outubro, e modelos mais baratos, como o Fiat Mille, ganharam espaço -- o veterano compacto foi o segundo mais vendido no mês, segundo dados da Fenabrave divulgados nesta quarta-feira (5).

O percentual exato da queda no mês que passou foi de 11,58% em relação a setembro, e representa um total de 29.438 unidades a menos no mercado -- também em relação a setembro. Em números absolutos, foram emplacados 224.744 automóveis e comerciais leves em outubro, contra 254.182 em setembro. Na comparação com outubro de 2007, a queda no total de automóveis novos no mercado foi de 3,36%, já que à época foram emplacados 232.550 veículos.

Números negativos também na análise de todo o setor automotivo para o mês. Na contabilidade de toda a indústria -- somando automóveis e comeciais leves a caminhões, ônibus, implementos rodoviários agrícolas e motocicletas -- a queda em outubro foi de 13,81% em relação a setembro.

  • Veja o relatório completo da Fenabrave para outubro de 2008

    Impacto sobre os populares
    O principal impacto da incerteza financeira está na venda dos modelos mais populares. O hatch Volkswagen Gol foi, como de costume, o veículo mais vendido no Brasil: 23.262 unidades emplacadas em outubro. A queda para o total de vendas do modelo em setembro, no entanto, chegou a 4.963 unidades (foram 28.225 unidades naquele mês).

    Já o Fiat Palio perdeu sua posição de rival direto do Gol ao vender 3.798 unidades a menos do que no mês anterior: com 12.820 unidades emplacadas em outubro, foi apenas o terceiro mais vendido no mês. A segunda colocação foi alcançada pelo Fiat Mille, justamente por ter perdido menos vendas no mês (a redução foi de "apenas" 1.113 unidades) e chegado ao total de 12.887 unidades.

    Na participação de cada montadora no mercado, a Fiat mantém a ponta com 24,75%, seguida pela VW (21,87%) e GM (21,10%). Mais atrás, Ford (9,55%), Renault (4,35%) e Honda (4,15%).

    Com tais números, os 15 modelos mais vendidos no Brasil no mês de outubro, na junção das categorias automóveis e veículos comerciais leves, foram:

    1º) Volkswagen Gol - 23.262 unidades
    2º) Fiat Mille - 12.887
    3º) Fiat Palio - 12.820
    4º) Chevrolet Corsa/Classic - 10.676
    5º) Volkswagen Fox/CrossFox - 9.833
    6º) Chevrolet Celta - 8.019
    7º) Fiat Strada - 7.297
    8º) Honda Civic - 6.776
    9º) Fiat Siena - 6.574
    10º) Ford Fiesta hatch - 5.561
    11º) Ford Ka - 5.309
    12º) Toyota Corolla - 4.703
    13º) Chevrolet Corsa hatch - 4.677
    14º) Palio Weekend - 4.220
    15º) Chevrolet Prisma - 4.172

    Veja também

    Carregando...
  • Fale com UOL Carros

    SALOES