UOL Carros
 
20/10/2008 - 10h41

Hilux com motor a gasolina custa R$ 79.600

CLÁUDIO DE SOUZA
Enviado especial a Pilar (Argentina)*
Atualizada às 19h59

A Toyota apresentou nesta segunda-feira (20), na cidade de Pilar, na Argentina, a linha 2009 da picape Hilux e do utilitário esportivo SW4. Os dois modelos tiveram mudanças visuais, especialmente na dianteira. Além disso a gama da Hilux passa a contar com um motor 2.7 a gasolina, somente para a versão de acabamento SR, intermediária. Com ele, a Hilux custa R$ 79.600 -- preço competitivo para enfrentar a Chevrolet S10 flexível e a Ford Ranger. A Toyota quer vender 30 mil unidades da Hilux em 2009, e espera que cerca de 3.000 sejam com o propulsor a gasolina.

Divulgação 
Toyota Hilux com motor a gasolina: somente tração 4x2 e cabine dupla

O trem de força da Hilux a gasolina é gerenciado por uma transmissão manual de cinco velocidades. A potência é de 158 cavalos, contra 102 cv do 2.5 diesel e 163 cv do 3.0 diesel, motores turbo com intercooler que equipam as demais versões da picape. Só que seu torque é menor, de 24,5 kgfm (contra 26,5 kgfm e 35 kgfm do 2.5 e do 3.0 a diesel, respectivamente). Além disso, ele surge em rotação mais alta, de 3.800 giros. Para comparar: o propulsor turbodiesel menor tem força máxima disponível entre 1.600 e 2.400 rpm, enquanto o de 3 litros já a entrega a meras 1.400 rpm.

A tração da Hilux a gasolina é 4x2, com bloqueio do diferencial traseiro. A única carroceria disponível é a de cabine dupla. Para o restante da gama há a opção de tração 4x4 com reduzida, e a versão top de linha, a SRV, pode contar com caixa automática de quatro marchas.

Divulgação 
O SW4, utilitário esportivo médio da Toyota, teve alterações externas mais significativas

Enquanto as mudanças estéticas na Hilux são razoavelmente discretas, o SW4 ganhou uma nova identidade mais visível, com alterações na grade (cujas barras são perfuradas) e no conjunto óptico, com faróis mais estreitos. Por dentro, a novidade é a terceira fileira de assentos (escamoteável, ocupando espaço do porta-malas), aumentando a capacidade para sete pessoas. No entanto, o SUV continua apenas com motor turbodiesel 3.0 com intercooler. A tração 4x4 é permanente (na Hilux a seleção é feita pelo motorista), e há reduzida e bloqueio do diferencial central, além da opção de transmissão automática. A Toyota só vai revelar seu preço no Salão do Automóvel de São Paulo, que abre na próxima semana.

A gama completa da Hilux tem os seguintes preços:

STD (Standard) 2.5 turbodiesel
R$ 74.900 (4x2 cabine simples)
R$ 81.700 (4x4 cabine simples)
R$ 84.800 (4x2 cabine dupla)
R$ 88.900 (4x4 cabine dupla)

SR 3.0 turbodiesel
R$ 98.300 (4x2 cabine dupla)
R$ 104.000 (4x4 cabine dupla)

SR 2.7 VVT-i a gasolina
R$ 79.600 (4x2 cabine dupla)

SRV 3.0 turbodiesel
R$ 107.600 (cabine simples)
R$ 118.800 (cabine dupla)
R$ 125.600 (cabine dupla com transmissão automática).

UOL Carros traz mais informações e a avaliação da Hilux e do SW4 2009 nesta quarta-feira (22). As vendas dos dois modelos no Brasil devem começar em novembro.

*Viagem a convite da Toyota do Brasil

Veja também

Carregando...
Fale com UOL Carros

SALOES